29 novembro 2013

Chiclete com Banana: caminho do sucesso





Formado por Bell Marques (voz e guitarra), Wado Marques (teclados), Waltinho Cruz (percussão),Lelo Lobão (contrabaixo), Deny (percussão) e Walmar Paim (bateria), e com a participação exclusiva do mixer de som Wilson Marques, pioneiro e responsável pelas constantes transformações e evolução do trio elétrico.


O grupo Chiclete com Banana gravou 27 discos, dois DVDs, conquistou prêmios pelo Brasil e exterior e faz em média 130 shows porano. Influenciados por grandes artistas de diversos estilos, como Luiz Gonzaga, Moraes Moreira, Carlos Santana, Novos Baianos, Beatles e Rolling Stones, a banda sempre demonstrou versatilidade musical sem perder seu estilo próprio. Esse, inclusive, foi o principal motivo da mudança de nome do grupo baiano, antes chamado Scorpius, sugestão feita pelo cartunista e artista gráfico, Nildão, para fazer jus à mistura de ritmos e o jeito original.


1967Wilson Marques toca com suia primeira banda, Os Bárbaros, num baile de carnaval. Mais tarde, eles mudariam o nome para Os Elétrons.

1970Bell Marques entra como tecladista nos Elétrons.
A Praça Castro Alves, em Salvador, vira símbolo do carnaval.

1971Bell e Wadinho são chamados para tocar na banda Scorpius, enquanto Wilson abandona a carreira de músico para se tornar empresário do grupo.

1973Bell Marques canta pela primeira vez em público a canção Alone Again, de Gilbert Sullivan.

1975Rey entra para a banda Scorpius.

1977Wilson, Bell, Wadinho e Rey abrem a boate Ecuu´s, no bairro do Costa Azul, em Salvador, com o dinheiro que ganhavam nos shows. Um ano depois, eles inauguram a lanchonete Ecuu´s 2100.

1978Bell Marques se encanta com o trio Armandinho, Dodô e Osmar, dando um novo rumo à Scorpius.

1979Waltinho entra para a banda Scorpius que sobe pela primeira vez num trio elétrico, puxando o bloco Traz os Montes.

1980Wilson implanta nova tecnologia no trio elétrico e torna a Scorpius a sensação do carnaval.

1981Missinho entra para a Scorpius. Bell casa com Ana Marques.

1982Mudança do nome da banda Scorpius para Chiclete com Banana. E lança Traz os Montes, primeiro disco do grupo.

1983Lançamento do LP Estação das Cores.

1984O Chiclete tem seu disco Energia recolhido das lojas pela Censura Federal. Motivo: as canções Apenas Vença e Minha Gatinha é Macrô feriam os moldes políticos e a moral daépoca.

A música O Mistério das Estrelas toca em todas as rádios baianas.

1985O Chiclete cancela um show  na cidade mineira de Divinopolis por falta de público.
É fundada a empresa Chiclete com Banana Promoções Artísticas para cuidar dos interesses da vanda.
Chiclete passa a puxar o bloco Os Internacionais.
Sai o LP, Sementes.

1986Missinho e Rubinho deixam o Chiclete.
Lançamento do LP Fissura.
Lançamento do disco Gritos de Guerra que marca o início do fenômeno Chiclete com Banana. Vendeu mais de 750 mil cópias, recebendo três discos de platina e marcando o início da famosa banda.
Bell e cia se apresentam pela primeira vez no programa de Chacrinha.

1988Bell e Wadinho compõem para Xuxa a música Festa do Estica e Puxa.
Lançamento do LP/CD Brasileira que rendeu quatro discos de ouro e um  de platina.

1989Sai o LP/CD Tambores Urbanos.

1990Camaleão inicia parceria com o Chiclete, firmando-se como o melhor bloco de trio de Salvador.
Toda Mistura será Permitida é o título do novo LP.

1991Sai o LP, Jumbo.

1992O circuito Barra/Ondina é oficializado, tornando-se um dos pontos de maior efervescência do carnaval de Salvador.
Turnê do Chiclete em Turbinger, na Alemanha, a primeira viagem do grupo ao exterior.
Vumbora Amar é um dos grandes sucessos do LP Classificados.

1993Sociedade entre Chiclete e Camaleão fez nascer o bloco Nana Banana.
Cara Caramba Sou Chicleteiro emplaca no CD Chiclete com Banana.

1994Chiclete com Banana se apresenta no Festival de Montreaux, na Suiça.
Meu Cabelo Duro é Assim é um dos maiores sucessos do CD 13.

1995A banda lança o CD Banana Geral

1996Os sócios do Chiclete compram a Radio Itaparica FM, de Salvador.
Sai o LP Menina dos Olhos.

1997Pela primeira vez, Bell e cia gravam um disco ao vivo Festa) em cima do trio elétrico.
Para Ti é o título do novo CD

1998A canção Perfume de Luar ganha destaque na trilha sonora da novela da Rede Globo, Meu Bem Querer.
Bem Me Quer é o CD do ano.

1999Criação da produtora Cara Caramba, mais um fruto de sociedade do Chiclete com o Camaleão.
Borboleta Azul sai com o sucesso Cabelo Raspadinho.

2000Wilson Marques lança no carnaval o Tiranossauro Rex, o mais sofisticado trio elétrico do país.
Lançamento do disco São João de Rua, o primeiro do Chiclete com músicas de forró.

2001 - Santo Protetor é o título do novo CD com o sucesso Diga que Valeu.
Lançamento do CD, Universo Paralelo.

2003Chiclete é duplamente pioneiro ao gravar seu primeiro DVD, todo ao vivo durante a passagemdo trio no carnaval: Chiclete na Caixa, Banana no Cacho.

Nasce o bloco Voa Voa.

2004DVD Chiclete na Caixa, Banana no Cacho.

2005Com o disco Sou Chicleteiro os músicos celebram os fãs na música título e na canção Minha Paixão é Chiclete.

2007Chiclete com Banana recebe o prêmio Press Awards, como destaque Turnê U.S. do show Brasileiro de Axé.
Sai o CD Tabuleiro Musical (ao vivo).

2008Chiclete comemorou 30 anos de estrada com um show para 30 mil pessoas no Parque de Exposição, em Salvador, produzido para a gravação do primeiro DVD oficial da banda.
Gravação do segundo DVD do Chiclete durante show em Salvador.

2009Chiclete é premiado com o troféu Dodô & Osmar em quatro categorias: Melhor cantor (Bell), melhor bloco Barra Ondina (NanaBanana), melhor bloco avenida (Camaleão) e camarote mais animado (Nana Banana).
É lançado o CD Flutuar

2012Sai o CD Dendê Records



-------------------------------------------------


Quem desejar adquirir o livro Bahia um Estado D´Alma, sobre a cultura do nosso estado, a obra encontra-se à venda nas livrarias LDM (Brotas), Galeria do Livro (Espaço Cultural Itau Cinema Glauber Rocha na Praça Castro Alves), na Pérola Negra (Barris em frente a Biblioteca Pública), na Midialouca (Rua das Laranjeiras, 28, Pelourinho. Tel: 3321-1596) e Canabrava (Rua João de Deus, 22, Pelourinho). E quem desejar ler o livro Feras do Humor Baiano, a obra encontra-se à venda no RV Cultura e Arte (Rua Barro Vermelho 32, Rio Vermelho. Tel: 3347-4929

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home