04 julho 2007

Segredos e mistérios do número sete (2)

O número um simboliza Deus, porque só Deus é absolutamente uno. O dois representa a criatura, composta de ato e potência, essência e existência. O três simboliza a ordem espiritual. O quatro por sua vez representa a ordem material, porque toda ordem material é sempre proporcionada e a proporção é constituída por quatro elementos (a/b = c/d), e no espaço material há quatro direções (norte, sul, leste e oeste), e no tempo, o ano é dividido em quatro estações, e há quatro elementos na esfera material (terra, água, ar e fogo). Esses quatro primeiros números eram os fundamentais. Somados dão o total dez, número dos mandamentos e da lei.

O número seis é chamado perfeito nas partes (componentes primos somados ou multiplicados entre si dão sempre seis como resultado: 1+2+3=6; 1x2x3=6). Já o número sete significa totalidade porque ele é composto de 3 + 4, significando ordem total (espiritual do número 3 e material do número 4). Desta forma o sete corresponde a muito totais. Ou seja, sete são os sacramentos, as virtudes, os dons do Espírito Santo e os vícios capitais.

Para o mundo israelito o sete era um número especial. A origem estava na observação das quatro fases da lua, que duram cada uma delas sete dias. Daí os israelitas passaram a associar o número sete a um período completo, cheio. O sete passou a ser sinônimo de plenitude, inteiro. Assim, a ordem do tempo estava baseada no sete (o sábado, dia sagrado, chegava a cada sete dias), o candelabro do Templo tinha sete braços etc. Por exemplo, o verbo hebraico “jurar” significa literalmente “setearse”, isto é, chamar por testemunha os sete poderes do céu e da terra. O sete é, pois, um número redondo. Perdoar “sete” vezes indica perdoar “de tudo”, completamente.

A ciência materialista considera que a cada sete anos há uma mudança no físico devido à renovação constante das células. Porém o corpo vital permanece. Nele estão contidos os átomos de todas as fases de nossa vida. Existem teorias que pregam ciclos de sete anos durante a vida. Quando finda um ciclo, é o momento de se refletir. Talvez por isso, todo casamento, fatalmente, passe pela crise dos sete anos. Essa é a prova de fogo. Chegar aos sete anos de casamento e superar qualquer obstáculo que a fase possa impor é motivo de comemoração.

Há toda uma mística envolvendo o número sete. O sete para o Budismo é o número místico, já para a numerologia é o número do mistério. Para os gregos é o número da sabedoria e para os chineses e japoneses o número da sorte. Assim o sete é cabalístico e o espírito humano sofre influências desse número, pois, possuindo grande imantação ele rege a natureza.

No cinema existem vários filmes dedicados ao número, os mais conhecidos são Sete Noivas para Sete Irmãos e Seven os Sete Crimes Capitais. No teatro sete está presente na dramaturgia de Nélson Rodrigues, Os Sete Gatinhos. E os representantes das maiores potenciais do mundo, o Grupo dos Sete hoje são G-8. E no jogo de sinuca a bola sete é bem disputada.

Música, pintura, escultura, arquitetura, literatura, coreografia e cinema são o Manifesto das Sete Artes. Violeta, amarelo, anil, verde, laranja, azul e vermelho são as sete cores refratadas pelo prisma. Éter, água, metais, pedra, matas, terra e fogo são os sete elementos. Arcanjos, anjos, devas, silfos, gnomos e salamandras são os sete elementais. Thales de Mileto, Bias, Cleopulo, Mison, Quilon, Pitaco e Sólon são os sete sábios da Grécia. Esperança, fortaleza, prudência, amor, justiça, temperança e fé são as sete virtudes humanas.Já a vaidade, avareza, violência, egoísmo, luxúria, inveja e gula são os sete pecados capitais. Batismo, confirmação, eucaristia, sacerdócio, penitência e extrema-unção são os sete sacramentos.

Tem ainda os sete livros do Antigo Testamento, as 7 chagas de Cristo, 7 são as Nações que praticam a Umbanda, 7 são as linhas de cada Nação e 7 são os Orixás que comandam estas Linhas, 7 são as rogatórias do Pai Nosso, 7 cidades sagradas da Índia, Seth (7) era o nome do irmão de Osíris (Egito Antigo). Sete são os dons do Espírito Santo. Estamos no ano de 2007.

2 Comentários:

At 8:28 PM, Anonymous Anônimo said...

Meu nome é Gutemberg moro em SP, e gostaria que se vc estivesse uma logica sobre os números da sorte que uma pessoa possa ter seja verdade.
Me responda por favor!!!

 
At 7:29 PM, Anonymous Anônimo said...

apesar de estar certo a respeito do numero sete, voce conhece pouco a respeito do mesmo.Se conhecer a verdade do sete da perfeiçao deixara de ser católico de sacramentos. Entendera o sete quando receber em sua mente(testa) o sétimo dia da criaçao , entao entendera o numero 666 como imperfeiçao de homem lutando contra a perfeiçao de Deus.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home