26 agosto 2013

Bairros de Salvador (20)



SÃO CRISTÓVÃO


A fé no santo, São Cristóvão, deu nome ao bairro formado a partir da construção do aeroporto de Salvador. Localizado na divisa entre Salvador e Lauro de Freitas, a Praça Matriz é a principal do bairro, relacionada às origens. A Igreja de São Cristóvão, padroeira da região, está localizada no alto da praça, que conta ainda com a feirinha de frutas, produtos importados e ervas e parque infantil. A Companhia da Polícia Militar está instalada no largo da igreja matriz. O Shopping São Cristóvão foi construído no bairro como mais uma opção de entretenimento e oferta de serviços. A Escola Visconde de Mauá foi a primeira unidade de ensino do baiano. Atualmente, funciona nos três turnos, com cursos da 5ª série ao 3º ano, atendendo a mais de 800 estudantes.

SÃO MARCOS

Bairro que se instalou como invasão nos anos 60 entre Pau da Lima e Sussuarana, São Marcos tem hoje mais de 25 mil moradores em construções de alvenaria de tijolo, a maioria deles com lajes de concreto, plantas no quintal, além dos telhados de eternit. O local tem ainda o campo de futebol como uma de suas maiores atrações do dia a dia. A Praça Nivaldo Jaqueira é o centro de lazer. Atrai a atenção porque congrega os habitantes em torno do futebol. O Jardim Botânico foi criado em 2002, em uma área de domínio público, de 18 hectares, anteriormente ocupada pela Mata dos Otis. É mantido pela prefeitura. O jardim exibe um importante remanescente da Mata Atlântica e nela existem árvores grandiosas, como oiti-da-Bhia, o visgueiro, o pau-brasil, o sucupira, o jacarandá-da-Bahia. Seu herbário tem 60 mil plantas oriundas da Amazônia, Mata Atlântica, cerrado, caatinga e restinga. A visitação, de segunda a sexta, é grátis. O comércio é diversificado. No Shopping Porto Alto 1, que é vizinho ao II, são 80 lojas abertas até sábado. Domingo, os cinemas e o Food Court funcionam. Considerado um dos maiores e mais bem-equipados hospitais de Salvador, o Hospital São Rafael-Morte Tabor é parte do Centro Ítalo-Brasileiro de Promoção Sanitária. A criação e manutrenção de estabelecimentos médico-hospitalares e assistenciais, formação profissional e de pessoal estão entre seus objetivos. A assistência por meio de Complexo Hospitalar São Rafael e do Hospital 2 de Julho é motivo de orgulho para moradores do bairro, que têm a instituição como ponto de referência.

SAUDE

Limitado de um lado pela Avenida Joana Angélica e do outro pela Baixa dos Sapateiros, o bairro da
Saúde cresceu a partir do largo homônimo, de onde saem cinco vias estreitas, entre elas uma ingrime ladeira, a outrora movimentada Ladeira da Saúde, típicas da urbanização portuguesa do século XVIII. Ao longo de seu arruamento irregular foram surgindo espaçosos casarões, muitos dos quais hoje arruinados ou escorados. O passado nobre do bairro inclui a passagem da condessa de Barral, a preceptora dos filhos de Dom Pedro II, entre os quais a princesa Isabel. Dama da corte no Rio de Janeiro, a condessa foi a responsável pela educação dos descendentes da família real. Foi ela quem, ao retornar à Bahia, mandou construir a Igreja da Providência, a primeira em estilo neogótico de Salvador e a segunda do bairro da Saúde.

No século XX, famílias judaicas que vieram para Salvador durante a Segunda Guerra Mundial escolheram o bairro para passar a difícil temporada. Foi também na Saúde onde residiu o fundador do jornal A Tarde, Ernesto Simões Filho. A Igreja de Nossa Senhora da Saúde e Glória foi o marco zero do novo bairro, que durante três séculos abrigou um significativo contingente das classes afluentes da capital. O bairro teria surgido ao redor da centenária igreja, que foi inaugurada em 1724 e conta com mais de 250 anos de história. No interior, o teto com pinturas ilusionistas barrocas são uma atração à parte para os visitantes que escolhem uma visita ao lugar. O comércio é voltado essencialmente para a própria Saúde, o que permite a existência de quitandas e pequenos mercados, na sua maioria, de propriedade de moradores do próprio bairro, que, por esse motivo, conhecem de perto boa parte dos seus clientes. A sensação de tranquilidade que o lugar transparece também é evidenciado pelo hábito de muitos moradores de sentarem-se à porta de casa nos finais de tarde.

STELLA MARIS


Rodeado por dunas, o bairro de Stella Maris transborda atmosfera praieira. O encanto de Estrela do Mar, tradução do nome original (Stella Maris) grafado em latim e constantemente escrito de maneira indevida, fica entre Itapuã e o Aeroporto Internacional de Salvador. Ponto preferido de muitos surfistas, Stella tem mar agitado e boas ondas, indicadas inclusive para a realização de campeonatos. Quando a maré baixa logo se formam diversas dunas naturais e o ambiente fica propício para o banho de mar, sem o balanço das ondas. Com as águas tranquilas e mornas, as crianças se deliciam com longos banhos. E casais de namorados também aproveitam a ausência de ondas para o romance.

-----------------------------------------------


Quem desejar adquirir o livro Bahia um Estado D´Alma, sobre a cultura do nosso estado, a obra encontra-se à venda nas livrarias LDM (Brotas), Galeria do Livro (Espaço Cultural Itau Cinema Glauber Rocha na Praça Castro Alves), na Pérola Negra (Barris em frente a Biblioteca Pública) e na Midialouca (Rua das Laranjeiras, 28, Pelourinho. Tel: 3321-1596). E quem desejar ler o livro Feras do Humor Baiano, a obra encontra-se à venda no RV Cultura e Arte (Rua Barro Vermelho 32, Rio Vermelho. Tel: 3347-4929

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home