14 abril 2014

Cronologia das Histórias em Quadrinhos (56)



1972 (BRASIL)É lançada a revista SACARROLHA, de Primaggio Mantovi, pela Rio Gráfica eEditora. Na USP a professora Zilda Augusta Anselmo defende a tese sobre a influência da HQ na adolescência. É uma das primeiras doutoras do mundo em HQ. 

Circula BALÃO, a primeira revista underground de quadrinhos em São Paulo (durou nove números). Yppê Nakashima lança o desenho animado PICONZÉ.  

Por iniciativa do professor Luís Cagnin, especialista na abordagem semiótica da linguagem das HQs é instalado na Escola de Comunicações e Artes, no campus da USP, o Núcleo de Documentação em Histórias em Quadrinhos.


1972 (BRASIL)JERÔNIMO foi durante muitos anos um dos maiores sucessos da Rádio Nacional. Depois ganhou imagem e repetiu o sucesso na TV Tupi.Laços de Sanguefoi a primeira aventura de Jerônimo apresentada natelevisão e tendo no elenco Francisco di Franco (na papel de Jerônimo), Canarinho (Moleque Saci), Eva Christian (Aninha), entre outros.


1972 (BÉLGICA)É realizado o desenho animado TINTIN ET LE LAC AUX REQUINS.

1972 (EUA)A Marvel cria sua primeira revista negra com LUKE CAGE. Lucas, um violento solitário na Prisão Seagatte, ganha sua liberdade ao experimentar uma superdose bioquímicaem pesquisa de laboratório do Dr. Burstein. E nasce um super herói.


1973 (EUA) - HAGAR.  Criação de Dick Browne. Baseado na própria família. Através do comportamento anti-social dos vikings, ou de seus arquétipos, ridiculariza a pequena burguesia. Criatividade em torno de poucos recursos, sucesso mundial, em tom de humor moderno e constante. Browne, ex-seminarista, era preocupado com as minorias e mostrava-se culto a respeito de suas ideias. Hagar teria vivido no século IX, entre saques, pilhagens, bebedeiras e uma pacata convivência familiar. Enquanto sonha conquistar a Inglaterra, ouve as constantes queixas da esposa Helga. Para seu desespero, a filha adolescenteHonipretende tornar-se uma guerreira sanguinária, ao passo que o franzino Hamlet, o caçula, dedica-se à poesia e aos estudos.


1973 (EUA)É publicado uma história em quadrinhos de quatro páginas intitulado PRISIONEIRO DO PLANETA INFERNO. A história era desenhada em preto e branco, co um traço vigoroso que lembra xilogravura. Duras, sem um pingo de delicadeza, as quatro páginas eram uma pancada na boca do estômago. Relatavam o suicídio e o enterro de uma mulher e o sofrimento de seu filho que, além de se sentir culpado, também era acusado pelos parentes de ser o responsável pelo gosto da mãe. Seu autor é Art Spiegelman, nascido em Estocolmo e radicado desde a infância nos EUA.


1973 (BRASIL)Maurício de Sousa lança a revista CEBOLINHA pela Editora Abril.

1973 (EUA)Os Superamigos do Super Homem começam nos desenhos animdos de Hnna Barbera, na televisão.

1973 (BRASIL) A Rio Gráfica (depois Globo) reedita a revista GIBI, em tamanho tabloide, mas falhou. O termo gibi, alguns anos, voltou com a fraseNão está no gibi, como se o gibi fosse uma verdadeira enciclopédia.

1973 (ITÁLIA)O Salão Internacional de Comics em Lucca deixa de ser anual e passou a bienal.

1973 (BRASIL)O QUADRÃO, suplemento do Folha da Manhã, de Porto Alegre, marcou uma importante etapa do jornalismo de humor no Rio Grande do Sul. São eles: Santiago, Juska, Batson e Ronaldo. Edgar Vasques e José Guaraci Fraga editaram O Quadrão durante dois anos (73 a 75). O suplemento saia aos sábados. Era época de sufoco do governo Médice e o Folha da Manhã desenvolvia uma linha inusitadamente crítica em relação ao chamado milagre brasileiro.

 
1973 (EUA)A saga A MORTE DE GWEN STACY, dentro das histórias do Homem-Aranha, é considerada o marco inicial da chamadaEra de Bronzedos super-heróis, quando os heróis deixaram, de certa forma, de serem invencíveis. Além disso, as HQ passaram a tratar de temas até então tabus dentro desse tipo de publicação, como as drogas e o alcoolismo. A namorada do Homem Aranha, Gwen Stacy é assassinada pelo seu pior inimigo, o Duende Verde, que também morre no mesmo episódio. Desenho de Gil Kane.

-----------------------------------------------------------------
Quem desejar adquirir o livro Bahia um Estado D´Alma, sobre a cultura do nosso estado, a obra encontra-se à venda nas livrarias LDM (Brotas), Galeria do Livro (Espaço Cultural Itau Cinema Glauber Rocha na Praça Castro Alves), na Pérola Negra (Barris em frente a Biblioteca Pública), na Midialouca (Rua das Laranjeiras, 28, Pelourinho. Tel: 3321-1596) e Canabrava (Rua João de Deus, 22, Pelourinho). E quem desejar ler o livro Feras do Humor Baiano, a obra encontra-se à venda no RV Cultura e Arte (Rua Barro Vermelho 32, Rio Vermelho. Tel: 3347-4929.

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home