16 maio 2016

O olhar de fora para dentro de Gérard Lauzier


O roteirista, diretor e cartunista francês Gérard Lauzier (Marselha, 30.11.1932Paris, 6.12.2008), arquiteto de profissão, era um baiano de coração.

Na década de 1950 ele atuou como cartunista no extinto Jornal da Bahia, além de fazer trabalhos publicitários na agência de propaganda Publivendas.

Lauzier foi o primeiro nome do jornalismo baiano a criar charges para serem publicadas na primeira página das edições diárias do jornal.

Ele esteve presente nas capas do Jornal da Bahia desde as primeiras edições do periódico, lançada em Salvador no dia 21 de setembro de 1958.

Assim, o olhar do artista francês sobre os fatos políticos viraram um atrativo não textual, assim como uma ferramenta para ajudar os leitores a refletir sobre os últimos acontecimentos.

Ele foi um dos mais importantes criadores de histórias em quadrinhos daquele país. Vários de seus álbuns foram ambientados no Brasil.

Entre 1956 e 1964, ele morou na Bahia, onde trabalhou no Jornal da Bahia, como ilustrador, e cartunista.

Escreveu para o jornal Pilote a rubrica Tranches de vie (que adaptaria ao teatro)
e as aventuras de Zizi et Peterpanpan para a revista Lui.

Autor das peças Le Garçon d'appartement (posto em cena por Daniel Auteil) e Lamuse gueule (encenada por Pierre Mondy).

Voltou para a França e, em 1975, criou a primorosa "Crônica da Ilha Grande", inspirada em suas lembranças da Ilha de Itaparica, narrando as aventuras de um francês conhecido como "Seu Geraldo"

Autor e ilustrador de diversos álbuns, como La Course du rat (1978),
La Tête dans le sac (1980),
Les Cadres (1981),
Souvenir d'un jeune homme (1982)
e, por último, Portrait de l'artiste (1992), onde retoma a sua personagem favorita, Choupon.

Ele era conhecido pelo seu humor negro e pela sátira social de suas histórias.

Lauzier abandonou os desenhos nos anos 1980 para se dedicar àcarreira de diretor e roteirista.


Em 1993 ele recebeu o Grande Prêmio da cidade de Angoulême, sudoeste da França no 20o Salão Internacional de Historias em Quadrinhos.

Lauzier co-roteirizou Meu Pai Herói (1994) e Asterix e Obelix Contra César (1999), protagonizados pelo ator Gérard Depardieu, que ainda foi dirigido pelo roteirista no drama Professor: Profissão Perigo (1996).


0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home