07 junho 2013

Consumo Consciente V: Queimadas e desmatamentos são responsáveis por 75% da emissão de gases no efeito estufa


O Brasil é o quarto maior poluidor mundial, sendo as queimadas e os desmatamentos  responsáveis por 75% da emissão de gases no efeito estufa. Destes, 59% são realizados na Amazônia. Estima-se que 9% a 58% das espécies de bichos e vegetais do mundo poderão desaparecer. De acordo com  o relatório do Painel Intergovernamental de Mudança Climática (IPCC), órgão das Nações Unidas, as concentrações de CO2 na atmosfera aumentaram em 31% desde a Revolução Industrial. Dados do  IBAMA afirmam que na Bahia, 1,3 milhões de quilômetros quadrados da Mata Atlântica  primitiva restam apenas, cerca de 50 mil quilômetros quadrados - menos de 5% da área original.


A história do desmatamento no país surge com a chegada dos portugueses no litoral baiano que enviavam para Europa embarcações repletas de toras do pau-brasil. Mais de 1500 anos depois a infeliz cultura do desmatamento ainda continua sendo realizada. Segundo o relatório Global Monitoring Report, realizado pelo Banco Mundial, afirma que a maior parte do desmatamento ocorre no Brasil, seguido pela Indonésia. O relatório afirma que entre 2000 e 2005 o país teria desmatado um total de 31 mil quilômetros quadrados de sua área florestal.

O IPCC em 2007 divulgou análises de que o homem é o principal responsável pelo aquecimento global e os relatórios são baseados na revisão de pesquisas de 2500 cientistas de todo o mundo. O relatório afirma que os impactos significativos que ocorrem na América Latina estão situados no Brasil em lugares como Amazônia, semi-árido nordestino e regiões litorâneas. Na Bahia, a região do semi-árido corresponde a 69,3% do território, alcançando 266 municípios, com mais de 3 milhões de pessoas, sendo essa região a mais atingida pela desertificação. O superintendente do Instituto de Gestão das Águas e Climas (INGÀ), Júlio Rocha, afirma que “essa região do semi-árido está em vulnerabilidade podendo vir a se tornar árido em pouco tempo”. Ele garante que a instituição é responsável pelo Plano Estadual de Combate a Desertificação e que técnicos estão analisando a região para um diagnóstico preciso.
 
De acordo com a World Wildlife Fund (WWF), organização não governamental, “os impactos dasmudanças climáticas estão alterando a química do planeta, causando extinção e migração das espécies e comprometimento dos serviços ambientais prestados pela natureza. Além disso, o aumento da temperatura e a mudança nos padrões das chuvas prejudicam especialmente o desenvolvimento econômico e social de nações em desenvolvimento”.

EFEITO ESTUFA – O aquecimento global é resultado do lançamento excessivo de gases de efeito estufa (GEEs), sobretudo o dióxido de carbono (CO2), na atmosfera. Esses gases formam uma espécie de cobertor cada dia mais espesso que torna o planeta cada vez mais quente e não permite a saída de radiação solar. O efeito estufa é um efeito natural que mantêm o planeta Terra aquecido. O grande problema resultante as más condutas ambientais, se dá pelo fato de que cada vez que são lançados gases tóxicos na camada de ozônio, o planeta fica mais quente, o que pode levar
daqui a alguns anos a extinção da vida na Terra. Mas você deve estar se perguntando qual o efeito do aquecimento global? Nós já estamos “sentindo na pele” os drásticos efeitos como furacões, tempestades tropicais, inundações, ondas de calor, seca ou deslizamentos de terra.


A fauna brasileira é uma das mais diversas do mundo, tendo em seu bioma mais de 20% da diversidade de animais encontrados no planeta. O Brasil possui uma costa marinha de 3,5 milhões km² com uma variedade de ecossistemas que incluem recifes de corais, dunas, manguezais, lagoas, estuários e pântanos. Mesmo com toda a diversidade, o país sofre com a ameaça de extinção da flora e fauna, e essa ameaça é real. Só no Brasil, são mais de 473 animais que podem ser extintos do planeta. O processo de extinção é natural, porém necessita de milhares de anos para ocorrer; o que acontece atualmente, é que o homem vem agredindo o meio ambiente de forma a ser um dos
principais responsáveis pela extinção rápida.

ALTERNATIVAS VERDES - Depois de todos esses dados assustadores, se você estiver pensando que o problema da flora e fauna está distante, e deve ser resolvido por ações federais, você está muito enganado. Para começar, você deve optar a reduzir o uso do ar-condicionado, tanto em carros, residências e locais de trabalho, além de diminuir a compra de produtos derivados do petróleo e optar por empresas que utilizam uma outra forma de
produção de todo e qualquer produto. Com isso, você ajuda a reduzir a taxa de dióxido de carbono emitida na atmosfera.

Não desmate e não capture animais selvagens. Isso é crime! Não promova ou incentive a pesca com bombas, isto também é crime. Se você perceber que alguém está realizando algumas dessas ações, denuncie. O Art. 225 – da Lei de Proteção Ambiental nº 9605/98, garante que “todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para presentes e futuras gerações”. O telefone para denúncia do IBAMA é: 71 – 3172-1666.

------------------------------------------------------------- 
Quem desejar adquirir o livro Bahia um Estado D´Alma, sobre a cultura do nosso estado, a obra encontra-se à venda nas livrarias LDM (Brotas), Galeria do Livro (Espaço Cultural Itau Cinema Glauber Rocha na Praça Castro Alves), na Pérola Negra (Barris em frente a Biblioteca Pública) e na Midialouca (Rua das Laranjeiras, 28, Pelourinho. Tel: 3321-1596). E quem desejar ler o livro Feras do Humor Baiano, a obra encontra-se à venda no RV Cultura e Arte (Rua Barro Vermelho 32, Rio Vermelho. Tel: 3347-4929)

1 Comentários:

At 10:50 AM, Blogger Lilane said...

Olá!Curti o blog. Sou jornalista e gostaria de saber quais são os autores dos cartuns que ilustram o artigo "Consumo consciente V..."Poderia enviar-me os contatos deles, por favor? E-mail: lilane.goes@gmail.com
Obrigada.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home