10 junho 2013

Claudia Barbosa em Portugal discute ciências sociais



A pesquisadora Claudia de Faria Barbosa vai para Portugal participar do 7º Simpósio do Conselho Europeu de Investigações Sociais da América Latina – CEISAL “Memória, Presente y Porvenir”, em Porto – Portugal. O CEISAL acontecerá na Universidade Fernando Pessoa e o Núcleo de Estudos Latino- Americanos, no período de 12 a 15 de Junho de 2013.


O evento visa a discussão para interpretar os fatos nos diferentes campos das Ciências Sociais. Neste percurso, serão observadas a construção histórica e a identidade latino-americana no século XXI, promovendo uma maior auto-reflexão e facilitando diálogos transdisciplinares, como ponto de encontro entre disciplinas, campos, teorias e métodos.

A CEISAL é uma rede que agrupa os principais institutos, centros especializados em estudos da América Latina e associações nacionais de investigação social sobre a América Latina e Europa, contando com representação em 19 países europeus. Para a seleção participaram renomados professores mestres e doutores da área das Ciências Sociais, sendo selecionadas poucas pessoas. Trata-se de parte do meu trabalho de doutoramento sobre as mulheres no poder local baiano.

Com bases teóricas e nos depoimentos de experiências e vivências das prefeitas nas prefeituras do Estado da Bahia. “Mulheres no poder local brasileiro: representações participação e feminismos” que será apresentado no Simpósio  76: “Violências, gêneros y derechos humanos: Una mirada hace América Latina y Europa”, Mesa 4, “Direitos Humanos, Memória e Política”, tendo como coordenadoras Vanessa Ribeiro Simon Cavalcanti – Universidade Católica do Salvador (Brasil) e Esther Martinez Quinteiro - Universidade de Salamanca, CEMUSA (Espanha).


É bom lembrar que a tese de doutorado intitulada, “Diálogos com as mulheres na política local baiana: famílias, tradições e representações entre o público e o privado” de autoria de Claudia de Faria Barbosa foi defendida no dia 04 de dezembro de 2012, na Universidade Católica do Salvador.

Com uma banca composta por cinco professores, doutores renomados nas universidades brasileiras e estrangeiras e com notório conhecimento sobre a temática que envolve as mulheres na política, avaliou a tese sobre as prefeitas baianas atribuindo a esta “Menção honrosa devido à originalidade e ineditismo na abordagem”.

A pesquisadora questiona se o fato de maior participação feminina, em números, nos quadros políticos, dentro do processo contemporâneo brasileiro e baiano, indica efetiva cidadania e espaços conquistados pelas mulheres. O estudo focou as prefeitas baianas, ou seja, mulheres como agentes de exercício do poder político acessando debates sobre política e gênero.

O interesse foi compreender se as mulheres realmente conseguem autonomia e/ou se “empoderar” no sentido de tomar atitudes e levantar bandeiras de luta contra as segregações, violências e vulnerabilidades. O surgimento de tais questões de estudo foi evidenciado por verificar que o senso comum julga suas administrações como incapazes de dar conta das demandas da população e, sobretudo, tomar atitudes que efetivamente atendam aos interesses de outras mulheres.


------------------------------------------ 
Quem desejar adquirir o livro Bahia um Estado D´Alma, sobre a cultura do nosso estado, a obra encontra-se à venda nas livrarias LDM (Brotas), Galeria do Livro (Espaço Cultural Itau Cinema Glauber Rocha na Praça Castro Alves), na Pérola Negra (Barris em frente a Biblioteca Pública) e na Midialouca (Rua das Laranjeiras, 28, Pelourinho. Tel: 3321-1596). E quem desejar ler o livro Feras do Humor Baiano, a obra encontra-se à venda no RV Cultura e Arte (Rua Barro Vermelho 32, Rio Vermelho. Tel: 3347-4929)

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home