08 janeiro 2016

Oxalá é o pai de todos os orixás


Oxalá é a figura mais respeitada, por ser, segundo as lendas, o pai de todos os outros orixás. 

De acordo com o mito, foi um dos criadores do mundo, tendo recebido de Olorum (Deus Supremo) a tarefa de modelar todos os seres humanos.

É o orixá da procriação. Veste-se todo de branco.

Muitas são suas lendas e extensa é sua origem e história na África, matéria destinada aos estudiosos e mais aprofundados na religião. 

Sendo os mais cultuados no Brasil, Oxalufon "o velho" e Oxaguian "o moço" na sua forma "guerreira" deOxalá que carrega uma espada, cheio de vigor e nobreza,  seu templo principal é em Ejigbo, onde ostenta o título de Eléèjìgbó, Rei de Ejigbo. 


Na condição de velho e sábio, curvado ao peso dos anos, figura nobre e bondosa, carrega uma cajado em que se apoia, o Opaxoro, cajado de forte simbologia, utilizado para separação do Orun e o Ayié.

No Brasil é o mais venerável, sua cor é o branco, seu dia a Sexta-feira, motivo pelo qual os candomblecistas em geral usam roupa branca na Sexta-feira e na virada do ano, num claro respeito e devoção a Oxalá.  

Sua maior festa é uma cerimônia chamada "Águas de Oxalá" que diz respeito a sua lenda dos sete anos de encarceramento, culminando com a cerimônia do "Pilão de Oxaguian", para festejar a volta do pai. Esse respeito advém da sua condição delegada por Olorun, da criação e governo da humanidade.  




Dia da semana: sexta-feira – domingo também lhe é consagrado.

Cor: branco, marfim, pérola, prata.

Natureza: oceanos, rios, céu, montanhas, cumes.

Elemento: ar

Perfumes: lírio, alfazema, colônia, cálamo aromático.
Como usar: passar às sextas e domingos

Bebida: água.

Sincretismo: sincretizado com o Senhor do Bonfim (Oxalufã, Oxalá velho segundo domingo depois do Dia de Reis, em janeiro). Menino Jesus (Oxaguiã)Oxalá moço identifica-se também com o Espírito Santo. Nos xangôs do Recife, onde não existe Oxalá moço, é o Padre Eterno. No Rio de Janeiro e em outros Estados é Jesus Cristo.
 
Domínio: céu (ORUN), AR e CRIAÇÃO.


FONTES:


0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home