09 novembro 2015

TCE/BA lança revista em quadrinhos visando estimular o controle social


O Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) lançou, na sessão plenária da última quinta-feira (5.11.2015), a revista em quadrinhos Você no Controle. O gibi, que tem como público-alvo a sociedade em geral, cumpre um dos principais objetivos do Plano Estratégico do TCE/BA para o quadriênio de 2014/2017, que é o de promover a aproximação entre a Casa de Controle e os cidadãos. O impresso faz parte da lista de produtos lançados nas comemorações do centenário do TCE/BA.

Elaborada pela Bamboo Editora, a revista narra os principais fatos que marcaram os 100 anos do TCE/BA, traçando uma linha do tempo com a história do País. Com ilustrações do artista gráfico Gentil e roteiro do jornalista Chico Castro Júnior, o gibi descreve, de forma didática, a trajetória de 100 anos da Corte de Contas com uma linguagem leve e ágil. O impresso será distribuído nas bibliotecas públicas dos 417 municípios do estado e nas instituições de ensino das redes pública e privada. A intenção é estimular o controle social e incentivar a comunidade estudantil a auxiliar os órgãos de controle na fiscalização dos recursos públicos aplicados pelos gestores.

A revista Você no Controle pode ser adquirida na Assessoria de Comunicação do TCE/BA e na Gerência de Biblioteca e Documentação (Gebid). A revista também está disponível, em meio digital, no banner rotativo das publicações no Portal do TCE/BA.

A pedido do amigo Gentil, fiz o editorial da publicação:

Um mergulho no TCE em quadrinhos

O Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) chega aos seus 100 anos. Por meio desta história em quadrinhos, cidadãos de todas as idades vão conhecer a importância do trabalho da instituição para a sociedade. O diálogo dos cidadãos com os órgãos de controle é essencial na construção de uma sociedade mais justa.

Com roteiro ágil de Chico Castro Jr e ilustrações dinâmicas de Gentil, vamos conhecer a força do TCE pelo gibi “Você no Controle”. Criado em 1915 quando ocorreu a reforma da Constituição da Bahia, o TCE/BA mostrou a importância do controle externo dos gastos de dinheiro público sendo feitos de acordo com as leis e a disseminação de projetos para se aproximar cada vez mais da sociedade.

A agilidade nos trabalhos de auditoria, a partir dos anos 1980, por meio de computadores (antes, o trabalho era feito manualmente), da criação de uma Ouvidoria para receber denúncias do cidadão e de avanços como a Lei de Responsabilidade Fiscal e a qualificação de seus servidores. E como lembrou o patrono dos tribunais de contas, Ruy Barbosa: “É preciso tornar o orçamento uma instituição inviolável e soberana em sua missão de prover as necessidades públicas mediante o menor sacrifício dos contribuintes”. O leitor, ao se deparar com esta história, poderá conhecer toda a trajetória do TCE/BA, atentando para a necessidade do controle social e do exercício de seus direitos e deveres. 
 
Também denominados de “literatura  da imagem”, os quadrinhos são narrativas contadas a partir de uma estrutura que utiliza o desenho e o discurso direto como na fala. Contribuem para despertar o interesse pela leitura. Envolvem elementos como personagens, tempo, espaço e acontecimentos organizados em sequência, numa relação de causa e efeito. Assim, nada melhor do que mergulhar nesta aventura para conhecer o centenário Tribunal de Contas do Estado da Bahia. Vale a pena conferir essa leitura prazerosa!

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home