26 junho 2007

Gnomos, duendes, bruxas e fadas (2)

Através do livro Gnomos, dos holandeses Wil Huygen e Rien Poortvliet, foi que essas criaturas se insinuaram inicialmente no Brasil. Lançada há 39 anos pela Editora Siciliano, Gnomos vendeu milhares de exemplares e em seguida foi editado “O Mundo dos Gnomos”, com outros milhares de exemplares vendidos. Naquela época começaram a surgir timidamente nas lojas esotéricas os bonecos feitos de resina, argila, pedras e gesso. A primeira loja especializada em gnomos foi Além da Lenda, em São Paulo, onde Heloisa Galves faz os bonecos e sua pequena mobília, vender livro sobre o tema e distribuindo vídeos.

A restauradora Thais Martins Stierli descobriu os gnomos no final de 1990 e ouviu histórias de que eles “sopravam nos ouvidos das pessoas as boas idéias”. Na mesma época, se viu às voltas com outra novidade: o oráculo das runas, “palavra gótica que significa sussurro, coisa secreta”. Juntando as duas mensagens, passou a fabricar os Runomos, uma série composta por 24 bonequinhos, cada um correspondente a uma letra do alfabeto rúnico.

Em Salvador, as lojas especializadas em esoterismo aumentaram o número de vendas dos bonecos. Elas estão espalhadas no Shopping Iguatemi, Pituba Parque Center, entre outros. Os bonequinhos são encarados como talismã. Ricardo Brandão, tarólogo, é também um entusiasta pela tema. “O duende é uma energia que passa para a gente. Basta ter fé. E se você tem fé, você tem sorte”. Já a radialista e escritora Ayeska Paulafreitas diz que “a gente toma contato com as fadas e gnomos com os livros infantis quando a gente é criança. Depois de adulto, o primeiro contato foi numa literatura dirigida para adulto, O Livro de Saint Michelle, de Axel Munthel, um médico que conta suas memórias. Ele fala de um gnomo quando retorna à casa de seu avô depois de adulto. Reencontra o gnomo com quem lidara quando criança. Antes de haver essa onda de gnomomania, em 1989, publicou um livro infantil, Mário e Maria, que é povoado de fadas, gnomos, duendes. Esses seres considerados sobrenaturais. Acredito nos elementais, seres que vêm dos elementos da natureza, as fadas, os elfos, as salamandras. Acredito quer eles existem. Minha filha, Ayane, aos quatro anos, conversava com um que ela dizia morar na folha da salsinha plantada no canteiro da casa. Sinto muito nunca ter encontrado um”, confessa.

PODERES MÁGICOS

Ignácia – É a bruxa da Floresta. Protetora das artes, desperta o raciocínio e o poder criativo das pessoas.

Brígida – A bruxinha mestra. Está sempre disposta a ensinar seus truques a quem demonstrar interesse por magia.

Glum – O gnomo do Amor. Carinhoso e muito romântico, passa ótimas vibrações emocionais, em sintonia com o amor.

Lucas – O duende ecológico. Ama e protege as plantas e animais ajudando a mantê-los saudáveis e felizes.

Zimmo – O duende da Alegria. Com seu ar brincalhão, irradia felicidade e otimismo à sua volta.

Helgo – É o duende da Sorte. Afasta qualquer influência ou vibração negativa, é capaz de realizar os mais incríveis desejos dos que conquistarem sua simpatia.

Kundo – O gnomo da Sabedoria. Ótimo conselheiro, é capaz de inspirar as mais sábias decisões.

Druz – O duende da Amizade. Acompanha-o por toda parte, espalhando carinho e afeto por onde passa.

Burgo – Mago das plantas, conhece a energia de todos os seres verdes e usa a alquimia para enfrentar as dificuldades do dia-a-dia.

Lúlio – Duende da Magia. É um poderoso alquimista capaz de transmitir às pessoas a essência da filosofia mágica.

Melusina – Pequena fada, considerada a protetora das artes. Boa companhia para quem gosta de músicas e dança, pois ela traz inspiração divina.

Tusgh – O elfo dos Sonhos. Pode entrar e, nossos sonhos, conduzindo-nos a experiências maravilhosas e ajuda a resolver os problemas nos designos dos sonhos.

Ballidag – O gnomo do Lar. Gordinho, transmite fluidos positivos que protegem sua família e tornam sua casa aconchegante e tranqüila.

2 Comentários:

At 5:55 PM, Anonymous Vivi said...

Amei o comentário sobre a artista Heloisa Galves! Ela é demais! Uma mulher brilhante!

 
At 9:33 PM, Anonymous Anônimo said...

Amei td eu acho que as pessoas devem conhecer mais essas estorias muita gente perdeu amagia da vida eu acredito muito nesas coisas eu acho que mas gente devi acreditar mais umas pessoas que eu conheço ja viram por que nao perdeam a magia numca e tarde para sonhar nao enporta se e pequeno grande
adolecente adulto ou idoso

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home