21 julho 2014

Cronologia das Histórias em Quadrinhos (103)



2009 (EUA) - Os irmãos Gabriel Bá e Fábio Moon publica Daytripper. O trabalho mostra conquistou o Eisner Awards e o Eagle Awards, principais premiações dos Estados Unidos e Inglaterra, respectivamente. 

Lançada inicialmente numa minissérie de dez números, publicados entre 2009 e 2010 pela Vertigo, selo adulto da editora norte-americana DC Comics, fragmentos da história de Brás de Oliva Domingos, um escritor de obituários que se vê sistematicamente frente a fatais situações-chave da vida. A obra


2008 (BRASIL)Gabriel e Fábio Moon estreiam tira semanal intitulada QUASE NADA no jornal Folha de S.Paulo.

2008 (BRASIL)O beijo entre Monica e Cebolinha (Cebola como é chamado na fase adolescente) é o principal chamariz do quarto número da revista Turma da Mônica Jovem.

2009 (EUA)O brasileiro Gabriel vence o Harvey Awards, uma das premiações de destaque da industria norte americana de quadrinhos. Ele ganhou na categoria melhor desenhista de 2008 pelo trabalho em The Umbrella Academy. A obra havia vencido o Harvey do ano passado como melhor nova serie. A serie venceu um segundo premio no Harvey de 2008, o de melhor colorista, para Dave Stewart.

2010 (BRASIL)Flavio Luiz lança  através de sua editora independente (Papel A2) o álbum O CABRA. Em um futuro não determinado, quando a Terra tornou-se um deserto e o bem mais valioso é a água potável, um guerreiro silencioso, Severino, luta sozinho contra os poderosos que dominam cidades fortalezas em estilo medieval futurista no meio da imensidão árida.

2012 (BRASIL) -  Capa da revista do personagem foi usada como tema de questão do Enem 2012.     Pergunta exigia que candidatos contextualizassem atuação do herói na 2ª Guerra. Quem já lia suas histórias em quadrinhos conseguiria responder com maior facilidade

2012 (EUA)Na revista Astonishing X-Men 50, da Marvel, o heróicanadense Estrela Polar (antigo membro da Tropa Alfa), pediu em casamento Kyle Jinadu, um rapaz sem poderes com quem namora tempos. A história roteirizada por Marjorie Liu logo atraiu atenção da mídia convencional.


2012 (EUA) – O ilustrador e escritor Jonathan Fetter Vorm lança TRINITY, a história em quadrinhos da primeira bomba atômica. Ele apresenta desde as pesquisas
científicas com o átomo no século XIX até as trágicas destruições de Hiroshima e Nagasaki, em 1845. A obra é uma introdução fundamental a um dos eventos centrais da história e também questões politicas, éticas e ecológicas provocadas pela corrida nuclear.



Referências:

ANSELMO. Zilda. Histórias em quadrinhos. Petrópolis: Vozes, 1975.

ASSUMPÇÃO JÚNIOR, Francisco B. Psicologia em história em quadrinhos. São Paulo: Casa do
Psicólogo, 2001.

ASSUNÇÃO. Otacílio d'. O quadrinho erótico de Carlos Zéfiro. Rio de Janeiro: Record, 1984.

CAGNIN, Luiz Antonio. Os quadrinhos. São Paulo: Ática, 1975.

___________________. As histórias em quadrinhos de Angelo Agostini. Phenix, revista da história dos quadrinhos. São Paulo: CLUQ.Clube dos Quadrinjos. Nº0, 1996, p.05 a 24.

CARDOSO, Athos Eichler. As Aventuras de Nhô Quim & Caipora. Os primeiros quadrinhos brasileiros. 1869-1883. Brasília: Senado Federal, 2002.

CAVALCANTI, Ionaldo. O Mundo dos Quadrinhos. São Paulo: Editora Simbolo, 1977.

CHICO, Paulo. Angelo Agostini e os primeiros traços dos quadrinhos na imprensa brasileira. Jornal da ABI. Edição Especial. A Cronologia dos Quadrinhos nº348, novembro de 2003, p.03.


CIRNE, M. A Explosão criativa dos quadrinhos. Petropolis: Vozes, 1970.
_________. A Linguagem dos quadrinhos. Petropolis: Vozes, 1971.
_________. Para ler os quadrinhos. Petropolis: Vozes, 1972.

CLARK, Alan and Laurel. Comics. Uma história ilustrada da B.D. Portugal: Distri Cultural, 1991.

CRUZ, Gutemberg. O número 1 dos quadrinhos. Salvador: A Tarde, Caderno 2, p.1, de 21 de Julho de 2002.
________________. Viagem ao mundo dos quadrinhos brasileiros. Salvador: A Tarde. Suplemento Lazer & Informação. 15 de Dezembro de 1991, p 1, 2 e 3.

________________. Humor Gráfico na Bahia - O Traço dos Mestres. Salvador: Gráfica e Editora Arembepe, 1993.
________________. Feras do Humor Baiano. Salvador: Empresa Gráfica da Bahia, 1997.

________________. Cronologia. Salvador. Correio da Bahia. 15 de janeiro a 27 de junho de 1980.

DEUS, Antonio de. Os Comics em Portugal: Uma historia da banda desenhada. Portugal: Cotovia e Bedeteca de Lisboa, 1977.

DORFMAN, A. e Mattelart A. Para Ler o Pato Donald. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.
_____________ e JOFRE, M. Superman e seus Amigos do Peito. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.

ELÍSIO DOS SANTOS, Roberto(et al.). Gibi: a revista sinônimo de quadrinhos. São Paulo: Via Lettera, 2010.

FEIJÓ, Mário. Quadrinhos em ação: um século de história. São Paulo: Moderna, 1997.

FONSECA, Joaquim da. Caricatura: a imagem gráfica do humor. Porto Alegre: Artes e Ofícios, 1999. Campinas, SP: Zarabatana Books, 2010.

GOIDANICH, Hiron Cardoso. Enciclopédia dos quadrinhos. Porto Alegre: L&PM, 1990.

GRAVETI, Paul. Manga: Como o Japão reinventou os quadrinhos. São Paulo: Conrad Editora, 2006.

GUBERN, Román. Literatura da Imagem. Rio de Janeiro: Salvat Editora, 1979.

LAGO, Pedro Corrêa do. Caricaturistas Brasileiros 1836-1999. Rio de Janeiro: GMT Editores Ltda, 1999.

LIMA, Herman. História da Caricatura no Brasil. 4 vols. Rio de Janeiro: Liv. José Olimpio ed., 1963.

LOBATO, Monteiro. Ideias de Jeca Tatu. São Paulo: Edição Monteiro Lobato & Cia, 1922,p.3-21

LUCHETTI. Marco Aurélio. A ficção científica nos quadrinhos. São Paulo: GRD, 1991.

LUYTEN, Sonia Bibe (org). Histórias em quadrinhos: leitura crítica. São Paulo: Paulinas, 1984.
______________________. O que é historia em quadrinhos. São Paulo: Brasiliense, 1985.
______________________. Mangá – o poder dos quadrinhos japoneses. São Paulo: Liberdade, 1991.
______________________. Cultura pop japonesa. São Paulo: Hedra, 2005.

MARNY, Jacques. Sociologia das Historias aos Quadradinhos. Porto-Portugal: Civilização Editora, 1970.

MENDEZ (Mario Mendes). Caricaturas e Caricaturistas. Rio de Janeiro: Editora Tecnoprint, 1986.

MOLINÉ, Alfonso. O grande livro dos mangás. São Paulo: Editora JBC, 2004.

MORRISON, Grant. Superdeuses. São Paulo: Seoman, 2012.

MOYA, Álvaro de. 50 AnosAnos 50. São Paulo: Opera Graphica, 2011.

_______________. Shazam!. São Paulo. Editora Perspectiva, 1970.
_______________. História da historia em quadrinhos. Porto Alegre: L&PM, 1986.

MOYA, Alvaro de e Cirne, Moacir (org). Literatura em quadrinhos no Brasil: acervo da Biblioteca Nacional. Rio de Janeiro: Nova Fronteira  - Fundação Biblioteca Nacional, 2002.

PIMENTEL, Luís. Entre sem bater!: o humor na imprensa brasileira. Rio de Janeiro: Ediouro, 2004.

PINTO, Ziraldo Alves. Ziraldo. Rio de Janeiro: Salamandra, 1988.

RAMOS, Paulo. Revolução do Gibi. A nova cara dos quadrinhos no Brasil. São Paulo: Devir, 2012.
____________.  Bienvenidoum passeio pelos quadrinhos argentinos.

SILVA, Diamantino da. Quadrinhos Dourados: A historia dos suplementos no Brasil. São Paulo: Opera Graphica, 2003.

TEIXEIRA, Luiz Guilherme Sodré. O Traço como Texto: a História da Charge no Rio de Janeiro de 1860 a 1930, in Coleção Papeis Avulsos, nº38. Rio de Janeiro: Casa de Rui Barbosa, 2001.

VERGUEIRO, Waldomiro. O humor gráfico no Brasil pela obra de três artistas: Ângelo Agostini, J.Carlos e Henfil. Revistausp. Nº88. Humor na Mídia. São Paulo: USP, dezembro/janeiro/fevereiro 2010-2011, p.38 a 49.

Guia Ilustrado de Graffiti e Quadrinhos. Belo Horizonte, 2004.

Revistas: Mundos dos Super Heróis, Wizard Brasil                           


HUMOR GRÁFICO NA BAHIA


Uma exposição com as obras dos precursores do grafismo baiano (cartum, caricatura, charge e quadrinhos) até os dias atuais é de grande necessidade para o grande público (jovem e adulto).

É necessário apresentar ao público a história desses artistas que continuam invisíveis e são importantes no registro dos acontecimentos históricos e sociais.

Por esse motivo, vamos apresentar em 2015 uma grande exposição de humor gráfico na Bahia e queremos a participação de todos os artistas.

Paraguassu, K-Lunga, Tischenko, Sinézio Alves, Fernando Diniz, Theo, Lage, Setubal, Nildão, Ruy Carvalho, Cedraz, Cau Gomez, Bfruno Aziz, Valterio, Flavio Luis, Luis Augusto, Valmar Oliveira, Andre Leal, Angelo Roberto, Eduardo Barbosa, Gentil, Jorge Silva, Carlos Ferraz, Helson Ramos, Tulio Carapiá, Sidney Falcão são alguns dos artistas cujas obras estarão na mostra.

Participe, colabore. Contato: gutecruz@bol.com.br


-----------------------------------------------------------------
Quem desejar adquirir o livro Bahia um Estado D´Alma, sobre a cultura do nosso estado, a obra encontra-se à venda nas livrarias LDM (Brotas), Galeria do Livro (Espaço Cultural Itau Cinema Glauber Rocha na Praça Castro Alves), na Pérola Negra (Barris em frente a Biblioteca Pública), na Midialouca (Rua das Laranjeiras, 28, Pelourinho. Tel: 3321-1596) e Canabrava (Rua João de Deus, 22, Pelourinho). E quem desejar ler o livro Feras do Humor Baiano, a obra encontra-se à venda no RV Cultura e Arte (Rua Barro Vermelho 32, Rio Vermelho. Tel: 3347-4929.

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home