08 maio 2013

O que é que a Bahia tem? (1)



Quando Dorival Caymmi compôs, em 1938, o samba "O que é que a baiana tem?" chamava a atenção do Brasil para a mulher da Bahia que "tem graça como ninguém, como ela requebra bem". Para isso, vestiu-a com torços de seda, brincos, correntes de ouro, panos da Costa e sandálias enfeitadas. Hoje a Bahia tem o maior Carnaval do planeta, a mais extensa costa do Brasil, o maior conjunto arquitetônico barroco da América Latina, e muito mais. Confira:

1.A Bahia tem o maior Carnaval de rua do planeta. O Carnaval de Salvador é de acordo com o livro  Guiness Book o maior carnaval do mundo (a maior festa popular do planeta), batendo recordes com cerca de 2.700.000 foliões em seis dias de animação. A festa é tão grande que teve que ser dividida, ocorrendo em vários pontos da cidade, nos circuitos: Dodô (Barra-Ondina), Osmar (Campo Grande-Avenida Sete) e Batatinha (Centro Histórico), além dos bairros periféricos.

2. É dona da costa mais extensa do Brasil, com mais de 1,1 mil quilômetros de extensão de praias para todos os gostos. Nosso Estado é aquele que tem a linha de costa mais extensa do Brasil, sendo também uma das mais diversificada, apresentando uma ampla gama de ecossistemas, que incluem recifes de coral, dunas, praias, baías, manguezais, estuários, planicies de cordões litorâneos, restingas e terras úmidas como brejos e pântanos.

3. Tem o maior conjunto arquitetônico barroco da América Latina, o Centro Histórico de Salvador. Um dos espaços públicos mais representativos dessa cidade era o que antecedia as Portas do Carmo, o Pelourinho. As ruas que convergiam para aquelas portas deram origem a um largo de formatriangular e em declive, que continuava na ladeira do Carmo. Seu nome decorria da presença nesse espaço de um padrão de pedra, símbolo na Metrópole da justiça e da autonomia municipal, mas que na Colônia se transformaria em instrumento de discriminação e tortura. Esse largo, que é um misto de praça e belvedere mediterrâneos e terreiro africano, emprestaria o nome ao que se conservou do centro histórico de Salvador, declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, em 1985.


4. Maior  complexo petroquímico do Hemisfério Sul. O Polo Petroquímico de Camaçari é o maior poplo industrial do estado da Bahia. Fica localizado no município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. Abriga diversas indústrias químicas e petroquímicas, além de duas fábricas de marcas internacionais importantes: a Ford, fabricante americana de automóveis e a Continental AG, empresa alemã que produz pneus. O Polo iniciou suas operações em 1978. É o primeiro complexo petroquímico planejado do País.

5. Centro Integrado de Manufatura e Tecnologia, Senai Cimatec. Ele é hoje o maior instituto de capacitação industrial do Senai no país. No local, também são feitas pesquisas aplicadas, com ênfase em tecnologias computacionais integradas à manufaturas. Localizado no bairro de Piatã, o centro tem como foco a qualificação de profissionais para suprir as necessidades das industrias, com alcance em áreas de ponta. Inaugurado em 2002, o Centro Integrado de Manufatura e Tecnologia, Senai Cimatec é a maior e mais moderna planta do Senai no Brasil.

6.Um dos melhores charutos do mundo está na cidade de São Gonçalo dos Campos, a 130 Km de Salvador, onde cerca de 165 pessoas fabricam de forma artesanal charutos e cigarrilhas que são reconhecidas como um dos melhores do mundo. Ou seja, 32% da produção é destinada ao mercado externo que engloba 14 países. Tudo isso devido a qualidade do fumo do Recôncavo baiano, que é leve e muito aromático.

7. Terceiro lugar no ranking nacional de florestas plantadas para a produção de celulose e papel, a Bahia se destaca por ter a maior produtividade do país e uma das mais altas do mundo. No estado, o ciclo do ano para o corte da árvore é menor e a densidade das árvores, por hectares, também é maior. A Bahia é responsável por 18% de toda a produção nacional e as empresas pagam R$18 milhões em impostos ao estado e aos municípios. O destaque é mundial; se no Hemisfério Norte, as árvores demoram até 30 anos para amadurecerem, na Bahia este ciclo encerra com seus anos e meio.
.............................................................
Canções da música popular que ouço o tempo todo (Vol.17)

Nas ruas, Djavan (Novena)
Tropicalia, Caetano Veloso (Caetano Veloso)
Asa branca, Luiz Gonzaga (O Melhor de Luiz Gonzaga)
Construção, Chico Buarque (Meus Caros Amigos)
O que será, Chico Buarque (Construção)
Nego Dito, Itamar Assumpção (Beleleu, Leleu, Eu)
Balada do Louco, Os Mutantes (Mutantes e seus Cometas no Pais dos Baurets)
As Curvas da Estrada de Santos, Roberto Carlos (Roberto Carlos)
Terra, Caetano Veloso (Muito – dentro da estrela azulada)
Clara crocodilo, Arrigo Barnabe (Clara Crocodilo)

...................................................................
 Primeira Mostra de Quadrinhos para iPad do Brasil acontece hoje



Hoje, dia 8 de maio, será lançada a Primeira Mostra de Quadrinhos para iPad do Brasil, a partir das 17 horas, na iTowns do Salvador Shopping. O evento vai exibir obras de artistas do Brasil, Europa, Japão e EUA, selecionadas pelo jornalista e especialista em HQs Marko Ajdaric - editor do Neorama dos Quadrinhos, o único site poliglota do mundo com notícias sobre a Nona Arte. Na mostra inédita, destaques para o novo Popeye, com nova dupla criativa; as criações de um brasileiro que faz Superman; um mangá; quadrinhos voltadas para o público infantil que são populares na Alemanha e Itália, mas não tem publicação no Brasil; e parte do acervo do maior festival autoral de quadrinhos do mundo.

Já às 19h, o jornalista estará no Salão Castro Alves da Livraria Saraiva, no Salvador Shopping, para a apresentação do seu mais novo trabalho, o DVD Marko & Things. O evento multiartístico contém o filme 'Nego', sobre Teodoro Sampaio, comentários fictícios sobre o filme 'Nego' postados no Facebook, o livro 'A Realidade É Virtual', prefaciado por Juca Chaves, dois programas de TV sobre quadrinhos, “Fotopotocas”, textos sobre quadrinhos e jornalismo em geral, poemas, um conto de Natal, cartuns criados por Marko e ilustrados por vários artistas, uma DVD-Comic [a primeira do Brasil] sobre o grande pensador Maria Pedrosa, incluindo a primeira charge em 28 idiomas do mundo e depoimento do líder sindical e ex-governador do Rio Grande do Sul, Olívio Dutra, foto quadrinhos, três piadas, caricaturas que fizeram do Markão, três piadas e um 'remake' de um grafitti romântico de rua, de 1989.

Exibição de filme e debate - Após a apresentação do DVD Marko & Things, será exibido 'Boi Aruá', filme lírico de animação sobre o sertanejo, marco no cinema baiano dos anos 1980, por seu caráter de desbravamento. 'Boi Aruá', que levou dois anos de produção, tem 25 mil desenhos e envolveu 16 pessoas na equipe de produção. É o primeiro desenho animado nordestino e baiano de média e longa metragem. O filme ficou 20 anos longe do público, até que Alba e Chico Liberato conseguissem montar uma versão diferente da primeira, lançada pela Embrafilme. Hoje, “Boi Aruá” está à disposição em DVD, e sua exibição será seguida de debate.

Durante o evento, Marko Ajdaric receberá Marco Alemar, autor de mangás baianos de distribuição nacional e Luís Augusto, o autor de 'Fala, Menino', que conta sobre seus novos horizontes. Outro convidado é o caricaturista Angelo Roberto, que vai fazer uma ‘resenha falada’. Também participa do evento o caricaturista 3D Caio Muniz, que vai expor seu trabalho, os bonecos Miudins. Para completar a noite o músico e quadrinista Fabio Haendel vai tocar a música ‘Gotham City’, de Capinan, um dos convidados de honra. (Fonte: Ascom do autor)

 -------------------------------------------------------

Quem desejar adquirir o livro Bahia um Estado D´Alma, sobre a cultura do nosso estado, a obra encontra-se à venda nas livrarias LDM (Brotas), Galeria do Livro (Espaço Cultural Itau Cinema Glauber Rocha na Praça Castro Alves), na Pérola Negra (Barris em frente a Biblioteca Pública) e na Midialouca (Rua das Laranjeiras, 28, Pelourinho. Tel: 3321-1596). E quem desejar ler o livro Feras do Humor Baiano, a obra encontra-se à venda no RV Cultura e Arte (Rua Barro Vermelho 32, Rio Vermelho. Tel: 3347-4929)

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home