29 janeiro 2015

Cronologia dos personagens de desenho animado (34)



2001 (EUA) – Liga da Justiça (Justice League: The Animated Series). A Warner produziu 26
episódios. A Liga da Justiça da América é uma equipe de super-heróis criada pela editora americana DC Comics, inspirada na Sociedade da Justiça, outra equipe de super-heróis, mas essa criada nos anos 1940. Entre seus membros, destacam-se: Superman, Batman, Aquaman, Mulher Maravilha (Supermulher em Portugal tal como aconteceu no Brasil até 1976) , Lanterna Verde, Mulher Gavião, Flash e Caçador de Marte, também conhecidos como os "Sete Magníficos".

Apesar dessa formação ser a mais conhecida, a equipe teve inúmeras outras distribuídas em diversas fases, tais como a Satélite da Liga da Justiça, a Liga da Justiça Internacional, Cloudy Evolution, Força-Tarefa da Liga da Justiça e Liga da Justiça Elite.

2002 (EUA) – Samurai Jack. No passado longínquo, no Japão, um terrível bruxo foi banido para as trevas pelo jovem imperador, com a ajuda de uma espada mágica forjada por três magos. Muitos tempo depois, o terrível vilão está de volta. Desta vez, o imperador, já um homem de idade, não tem tempo de pegar a espada para enfrentar o inimigo. Abu derrota todo o exército, e tem início seu reinado de tirania. Mas resta uma esperança: o jovem filho do imperador, ainda criança, parte para terras distantes, enquanto sua mãe foge, de posse da espada. O jovem passa por uma incrível sequência de treinamentos e torna-se um mestre. Já adulto, e uma vez pronto, encontra-se com sua mãe num templo, e recebe a espada para enfrentar Abu. No confronto, mostra-se superior ao inimigo que, utilizando-se de feitiçaria, envia o valente samurai para o futuro sombrio. Agora, Jack vai cruzar com seres estranhos e terá que enfrentar alienígenas, mutantes e toda sorte de inimigos, principalmente Abu, que volta a encontrar seu nêmesis e quer destruí-lo, a qualquer custo. Tem inicio a saga.


Desenho criado por Genndy Tartakovsky, responsável por O Laboratório de Dexter, pelo qual recebeu diversos prêmios. O elemento-chave de Samurai Jack é sua intensa ação estilizada, mas o desenho também terá uma veia de humor. A estréia foi dia 06 de setembro no Cartoon Network.

A série produzida no Cartoon Network Studios para o Cartoon Network. As sequências de ação de Samurai Jack são acompanhadas por músicas, roteiros cinematográficos e cenários estilizados, a fim de dar um complemento à trama e proporcionar ao desenho um determinado clima e atmosfera, ou seja, uma personalidade.

2002 (EUA) – Esquadrão do Tempo. Ficção científica ambientada no ano 100 milhões. A erra chegou à perfeição, mas a paz é ameaçada quando há abalos na linha temporal: o passado começa a tomar um outro rumo, alterando o presente. Para proteger o futuro, os governos criam o Esquadrão do Tempo. O esquadrão é formado pelo burro Brito Abelardo e pelo robô Larry. Por sorte, um menino de oito anos, Otto Lino, se junta aos dois e passa a ser o cérebro do grupo. São 26 episódios na primeira temporada.

2002 (EUA) – No dia 22 de fevereiro o mundo perdeu Chuck Jones. Morreu aos 89 anos de parada cardíaca e deixou uma das obras mais importantes e ricas do século 20. Ele é responsável pela fase de ouro da animação da Warner com Pernalonga, Patolino, Gaguinho, o Coiote, Papa Léguas, o Marciano Marvin e muito mais. Além das Warner, Jones também trabalhou para a Disney, MGM (Tom & Jerry) e em todos esses lugares cravou sua marca de grande diretor de animação. Entre os vários prêmios que recebeu estão o Oscar de 1966 por The Dot and the Line, e em 1996 abocanhou outra estatueta pelo conjunto de sua obra.

2002 (JAPÃO) – Ghost in the Shell. Anime baseado no mangá criado por Shirow Masamune em 1989 e que ganhou um cultuado longa-metragem em 1995. Foram 52 episódios discutindo política, tecnologia e os limites entre o homem e máquina. Ghost in the Shell se passa depois de 2029, marcado pelo surgimento de uma nova tecnologia que permite a fusão do cérebro à


computação, à rede mundial.

O ambiente de Ghost in the Shell é cyberpunk ou pós-cyberpunk, porém o autor foca mais nas ramificações éticas, filosóficas e sociais da fusão em massa da humanidade com a tecnologia, o desenvolvimento da inteligência artificial e a onipresença da rede de computadores como uma oportunidade para reavaliar assuntos como a identidade pessoal, a singularidade da consciência e o aparecimento do trans-humanismo.


2002 (JAPÃO) – Naruto. Adaptação do mangá de Masashi Kishimoto em 1999. Mistura ação, humor
e drama. Foram 220 episódios em cinco temporadas até 2007. Conta a história de Naruto Uzumaki, um jovem ninja que constantemente procura por reconhecimento e sonha em se tornar Hokage, o líder máximo e mais poderoso de sua vila. A série é baseada em um one-shot de Kishimoto publicado na edição de agosto de 1997 da revista Akamaru Jump.

2003 (JAPÃO) – Astro Boy 2003. Foi desenvolvido para comemorar os 40 anos de criação do clássico personagem de Osamu
Tezuka, o mais consagrado artista dos animes e mangás. Esse novo Astro Boy é um remake dos anos 60, uma atualização de mestre da série clássica de Osamu Tezuka que começou a revolução do cinema animado em 1963 a 1966. Cheio de ação e emoção, humor e drama, Astro Boy conta a história de um menino robô modelado com a imagem do filho de um investigador científico. Este poderoso robô atômico se converte em um super-herói que luta pela justiça e pela paz, tanto para os humanos quanto para os robôs!

2004 (JAPÃO) – Black Jack. Adaptação póstuma do mangá criado por Osamu Tezuka em 1973. Lida com temas como ética, valor da vida e ecologia. Situa-se em um futuro não-definido, no qual questões corpóreas entrelaçam-se com as possibilidades tecnológicas: tornou-se comum, pra qualquer tipo de cidadão, possuir partes robóticas/modificadas em seu corpo. São olhos biônicos, braços mecânicos, dentre outros, que evoluem a gama de atos físicos dos seres humanos.

Neste universo, há pessoas com corpos totalmente tecnológicos, “carapuças” metálicas que pesam toneladas e que são fabricadas meticulosamente, com nervos, músculos e fibras reforçadas. Entretanto, há um ponto que ainda mantém o nosso vínculo para com o “corpo humano original”, de carne e osso: o cérebro. Há diversas pessoas com corpos puramente biológicos, porém todos contém um cérebro que pode se conectar a fios e circuitos de comunicação interna/espaço cibernético, e, dentro desses cérebros, residem os “ghost’s“. De modo simplificado, o que o filme chama de ghost poderia ser traduzido para o nosso vocabulário como “alma”: é um setor composto de memórias, intuitos, vontades, problemas, traumas e outros


2005 (EUA) – Avatar. Mistura fantasia e filosofia oriental, coprodução entre americanos e sul
coreanos. Com 61 episódios produzidos pelo Estúdio Nickelodeon. Aang é o espírito e o herói da série, mas antes de salvar o mundo, ele quer mesmo é procurar por aventuras e diversão. Aang é um garoto brincalhão e descontraído, tem uma personalidade carismática, sempre alegre ele gosta de fazer amigos e aprontar em suas aventuras, sempre disposto a ajudar quem precise de ajuda, ele também parece ter o dom natural para se mete em confusões. Ele gosta de uma vida plena e cheia de experiências divertidas, nada de muitas responsabilidades. Ele vive do momento, não planeja o futuro e não vive com um sentido de urgência, ele é alguém que “vai com a maré” e vislumbra uma vida simples. O mundo em que ele despertou é vastamente diferente do que se lembra,  Aang também enxerga além do que os olhos podem ver, onde os outros só veem destruição, ele vê a beleza, onde os outros vêem um inimigo, ele vê um amigo.

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home