25 fevereiro 2015

Desenhos animados dos estúdios Disney (14)

2007 - Ratatouille. Produzido pela Pixar, conta a história de Rémy, um rato vivendo em Paris que sonha em se tornar um chef de cozinha. 

O filme foi bem recebido pelo público e pela crítica. Na sua estreia teve uma arrecadação considerada baixa em relação a outros filmes da Pixar, mas no final foi um sucesso de bilheteria, arrecadando mais de 600 milhões de dólares. O longa recebeu diversos prêmios, inclusive o Óscar de animação em 2008.

Sem medo de arriscar, o estúdio apresenta a história de um rato em um restaurante francês cinco estrelas e surpreende a cada cena. O nome do filme
não poderia ser mais feliz, pois remete à um dos pratos mais representativos da saudável e aromática cozinha do Mediterrâneo. 

Um refogado com muitos dos ingredientes típicos dessa cozinha, como o azeite de oliva, berinjela, pimentão, abobrinha, cebola e alho. A ratatouille é uma receita típica da Provence e extremamente popular em toda França, onde é servida como entrada ou acompanhando outros pratos. O motivo da sua escolha, além da óbvia referência ao personagem principal, um rato (rato, ratatouille), só vai ser conhecido lá no fim, em um dos melhores monólogos da história do cinema, proferido pelo crítico gastronômico Anton Ego (voz original de Peter O'Toole).
 
2008 - Bolt – Supercão. Para o supercão Bolt, todos os dias são cheios de aventuras, perigos e intrigas... pelo menos, é assim até as câmeras pararem de filmar, já que ele que é o protagonista de um famoso programa de televisão. Mas quando a famosa estrela é acidentalmente mandada para Nova York, tem início a sua maior aventura em uma viagem pelo mundo real.

O visual do filme foi inspirado nas pinturas de Edward Hopper e na cinematografia de Vilmos Zsigmond. Uma nova tecnologia foi usada para dar uma aparência especial, uma técnica também usada em 2010, no filme
Enrolados.

O estilo gráfico do filme foi inspirado, em grande parte, no trabalho do artista plástico norte-americano Edward Hopper. Além disso, uma nova tecnologia de computação gráfica, a renderização não-fotorealística (non-photorealistic rendering-NPR) foi usada para conferir ao filme um visual diferente dos outros filmes feitos com computação gráfica. Para dar aos cenários em 3-D uma aparência de pintados à mão, a equipe de produção utilizou uma nova tecnologia desenvolvida especialmente para a produção.

As características de Bolt são baseadas em uma raça verdadeira canina, embora os designers da Walt Disney Animation Studios tenham se inspirado na raça White Shepherd (Pastor-branco-suíço). Joe Moshier, um dos principais animadores do estúdio discordou, e disse que a raça tem orelhas muito cumpridas e são muito grandes, uma característica que segundo ele tentou retirar do longa, assim permitindo aos designers e animadores a enfatizar as expressividades de Bolt.

2008 – WALL-E. Após entulhar a Terra de lixo e poluir a atmosfera com gases tóxicos, a humanidade deixou o planeta e passou a viver em uma gigantesca nave. O plano era que o retiro durasse alguns poucos anos, com
robôs sendo deixados para limpar o planeta. Wall-E é o último destes robôs, que se mantém em funcionamento graças ao auto-conserto de suas peças.

Sua vida consiste em compactar o lixo existente no planeta, que forma torres maiores que arranha-céus, e colecionar objetos curiosos que encontra ao realizar seu trabalho. 

Até que um dia surge repentinamente uma nave, que traz um novo e moderno robô: Eva. A princípio curioso, Wall-E logo se apaixona pela recém-chegada.

2008 – Tinker Bell: Uma aventura no mundo das fadas. Tinker Bell nasceu no dia da preparação da primavera e da mudança de uma estação para outra, por isso ela tem o poder de fazer as estações começarem. 

Ela e suas amigas também fadas cuidam da natureza no reino mágico e conseguem, depois de uma longa aventura, realizar a tão esperada primavera com a ajuda de objetos perdidos da Terra do Nunca.

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home