24 fevereiro 2015

Desenhos animados dos estúdios Disney (13)




2005 - O Galinho Chicken Little. Primeiro longa-metragem de animação digital do estúdio. Pioneiros no uso da tecnologia digital na animação desde o início dos anos 80, os estúdios Disney contribuem agora com seu estilo e sua tradição em animação para esta mídia emocionante, com a apresentação de inúmeras novidades técnicas. Lançado num circuito selecionado nos EUA no formato Disney Digital 3D ™, uma experiência nova e revolucionária em 3D digital. Os estúdios Disney se associaram à consagrada produtora de efeitos, Industrial Light & Magic (ILM), que processou o filme em 3D para projeção em salas equipadas com o exclusivo sistema Dolby® Digital Cinema.
 


Chicken Little é um frangote pré-adolescente que tem medo que o céu caia sobre a sua cabeça. Logo no início do filme ele faz um grande escarcéu na cidade onde mora, anunciando o que seria a queda total do céu, mas tudo não passa de um alarme falso, o que compromete sua credibilidade e envergonha seu pai. Novamente temos a situação do jovem tentando conviver com suas inseguranças, mal compreendido no mundo dos adultos, e apoiado somente por um pequeno grupo de bons amigos tidos como “nerds” ou “loosers” (perdedores).

O restante é facilmente previsível: redenção, transformação, crescimento, rito de passagem para a vida adulta e – de quebra – a ideia fixa do imaginário coletivo norte-americano: salvar o mundo de uma invasão alienígena. Mania! Ou seja, uma história já contada milhões de vezes, só que agora sob


o ponto de vista de um galinho. Lembrando que, em inglês, “Chicken” é gíria para “covarde”.

2005 – Lilo & Stitch 2 – Stitch Deu Defeito. A adorável garotinha havaiana Lilo e seu melhor amigo Stitch, um amável criatura alienígena uniu-se a Ohana (família) de Lilo. Seguimos a divertida dupla em seu paraíso tropical, quando um defeito no código genético de Stitch causa um mal comportamento nele e depende de Lilo e
os outros consertar o defeito e restaurar o nível de bondade de Stitch antes que alguém se machuque.

2005 – A Nova Onda do Kronk. Depois de suas incríveis experiências com Pacha e o Imperador Kuzco, o amável Kronk - antigo ajudante de Yzma - está muito feliz com sua nova vida, sendo chef de seu próprio restaurante. 

Entretanto, uma louca aventura começa quando recebe a notícia de que seu pai lhe fará uma visita.

Kronk apronta a maior confusão com ajuda da esperta feiticeira Yzma, tentando se passar por um homem de sucesso para impressionar o pai. 

Depois de uma série de mancadas e uma verdadeira explosão de queijos no restaurante, Kronk está realmente encrencado. E somente com a ajuda de seus amigos é que ele aprende a ser fiel à sua onda.

2006 – Bambi 2: O Grande Príncipe da Floresta. Após a morte de sua mãe o pai de Bambi conhecido como o Grande Príncipe da Floresta busca conselho com o amigo Coruja.

Agora que seu filho é órfão, o Príncipe necessita de que o amigo encontre uma corsa para criar Bambi. Acaba por aceitar o conselho de seu amigo Coruja e cuidar de Bambi durante o inverno, pensando em dá-lo a adoção no início da primavera.

Acontece que durante este tempo, o Grande Príncipe acaba sendo cativado pela bondade e coragem de seu filhote, levando-o a aceitar a responsabilidade de criá-lo.

2006 – Carros. Produzido pela Pixar Animation Studios e distribuído pela Walt Disney Pictures. O filme foi dirigido por John Lasseter (Toy Story) e foi um sucesso de crítica e de bilheteria.

Tudo começa com a final da Taça Pistão, a maior competição automobilística do país. Onde três carros disputam o cobiçado troféu, Relâmpago McQueen, um corredor novato; O Rei, um respeitado veterano; e Chick Hicks, um grande trapaceiro, acabam empatando na liderança do campeonato. Uma nova corrida para desempate é marcada para uma semana depois, na Califórnia.

2007 - A Família do Futuro. A animação é baseada no livro A day with Wilbur Robinson do escritor, ilustrador e cineasta americano William Joyce e foi dirigida por Stephen J. Anderson. Enredo: menino órfão quer encontrar a mãe para se sentir completo. De fato, o filme ganha força após as primeiras apresentações de personagens e situações. Lewis foi deixado em um orfanato pela mãe e, aos 11 anos de idade, corre o risco de nunca ser adotado. Ele não é um garoto comum, pois as ideias dele vão além da previsibilidade de seu mundo. Lewis é um cientista nato que está sempre tentando inventar soluções e constrói engenhocas interessantes.

O filme começa mesmo quando ele decide que só pode ser feliz encontrando a mãe biológica e passa a trabalhar em um scaner de memória que o ajudará a identificá-la em através de lembranças. Sua invenção, no entanto, é roubada pelo bandido do chapéu coco, mas as consequências disso serão maiores do que eles poderiam supor. Wilbur Robinson, um garoto do futuro, ajudará Lewis na recuperação da máquina e na busca de seu próprio destino.

Moral da história: relacionamentos são importantes, especialmente familiares. E nunca desista de
seus ideais mesmo que falhe: “siga em frente”. Little Wonders fala sobre deixar o passado, perdoar,
ser perdoado e viver o presente.

2007 – Cinderela 3: Uma Aventura no Tempo. Quando a malvada madrasta se apodera da varinha mágica da Fada Madrinha e faz o tempo voltar ao passado, Cinderela precisa tentar encontrar o Príncipe Encantado e quebrar o novo feitiço. Gus, Jaq e todos os seus personagens favoritos estão de volta nessa emocionante e divertida versão inédita de um dos mais celebrados clássicos Disney de todos os tempos. Recheado com muito mais magia, beleza e suspense do que o original, Cinderela III é uma diversão encantada para toda a família.

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home