12 dezembro 2014

Cronologia dos personagens de desenho animado (12)



1966 (EUA) – Namor, o Príncipe Submarino (Sub-Mariner). Foram produzidos 13 episódios. 

O personagem surgiu nas histórias em quadrinhos criado por Bill Everett em 1939. Namor era um raro híbrido, dotado de grande força, domínio sobre o mundo aquático, dom de voar e capacidade de respirar dentro e fora d’água.


1966 (EUA) – Capitão América (Captain America). Foram produzidos 13 episódios da série animada.

1966 (EUA) – Homem de Ferro (Iron Man). A Grantrey-Lawrence produz 13 episódios da série animada. De 1994 a 1996 a Marvel produz 26 episódios.

1966 (EUA) – O Incrível Hulk (The Incredible Hulk). Criação de Stan Lee e Jack Kirby, produção de Bob Lawrence. Após ser bombardeado por raios gama, o Dr Bruce Banner pasa a se transformar na criatura verde conhecida como Hulk sob quem não tem o menor controle. Sempre que se enfurece, ou fica nervoso, Banner se transforma no monstro verde. A Grantrey-Lawrence produziu 13 episódios. De 1978 a 1982 a Universal produziu 85 episódios. De 1982 a 1983 a Marvel produziu 13 episódios. E de 1996 a 1998, a Marvel produziu mais 21 episódios

1966 (EUA) – Os Impossíveis (The Impossibles). Nas horas vagas eles são músicos de uma banda derock, quando o perigo se aproxima eles se transformam em super-heróis.

Para enfrentar os vilões, o trio emprega suas habilidades únicas. O Homem Fluído pode se transformar em líquido, o Multi Homem tem o poder de se multiplicar em vários homens. Tem ainda Coil o Homem Mola, baixinho e gorducho que tem os membros na forma de molas e pode saltar e estica-los à vontade. Foram 36 episódios produzidos.

1967 (EUA) – O Homem de Verde (Green Lantern). A Filmation produz 17 episódios do herói
Lanterna Verde que durou até 1969.

1967 – Abbott e Costello - Desenho com produção Hanna-Barbera, RKO e Jomar Productions. Estreou em 1967 e teve 39 edições, com 4 episódios cada. No Brasil a série foi exibida na década de 1970 pela Rede Globo. Conta a história dos humoristas Bud Abbott e Lou Costello e suas confusões. A dupla Abbott & Costello fazia muito sucesso na televisão e no cinema, nos EUA, e assim como O Gordo e o Magro e Jerry Lewis, outros comediantes famosos, foram inspiração para uma série de animação.

1967 – Os Herculóides (The Herculoids). Produzida e dirigida por William Hanna e Joseph Barbera,
exibida na rede norte-americana CBS entre 1967 e 1969. Os desenhos foram do conceituado Alex Toth que deixou sua marca nas séries Space Ghost, Josie and the Pussycats e Super Friends. Num planeta estranho e distante (Quasar), com enormes plantas e monstros interplanetários, vive uma família: Os Herculóides. O guerreiro Zandor é o rei de Amzot, ao lado de sua bela mulher Zara e de seu filho Dorno, lutam para defender seu lar contra todos os perigos, inclusive as constantes tentativas de invasão pelos seus terríveis inimigos Zarko e Mekkor.

Nesta luta eles não estão sozinhos. Ao lado deles encontram o dragão alado Zok que emite raios laser dos olhos e da cauda, Igoo um indestrutível gorila de pedra, Thundro um rinocerante de oito pernas com um chifre que atira pedras, e os Glup e Glip, duas criaturinhas engraçadas que têm um poder de elasticidade fenomenal, transformando-se muitas vezes em camas elásticas, cordas, redes, elevadores, etc. O desenho teve sua estreia em setembro de 1967, e durou 36 episódios, cada um com dez minutos de ação, o último exibido em setembro de 1969. Entre setembro de 1981 e setembro de 1982, os Herculóides voltaram à cena. Os heróis apareciam na companhia de Space Ghost e mais personagens de outras séries. Suas aventuras também foram publicadas nas revistas em quadrinhos.
 
1967 (JAPÃO) – A Princesa e o Cavaleiro (Ribon no Kishi). Série animada japonesa baseada num manga de 1954 criado por Ossamu Tezuka. O título original é “Ribon No Kish” (O Cavaleiro da Fita). A história básica foi adaptada para TV pela Mushi Productions e estreou na TV Fuji em 02 de abril de 1967. A série contava a história de Safiri, uma princesa criada como menino. Tal situação era mantida para que ela pudesse, um dia, suceder a seu pai no trono da Terra de Prata e assim impedir as ambições do Duque Duralumínio, primo do rei, que sonhava em colocar seu filho retardado chamado Plástico. Contando com a ajuda do anjinho Ching, Safiri lutava pela paz na Terra de Prata. Quando necessário, ela se disfarçava no herói mascarado Cavaleiro Vingador, agindo contra os planos do Duque e seu assistente Nylon ou ameaças ainda maiores, como a poderosa Unidade X ou o demônio Satã. A princesa ainda podia contar com a ajuda de seu amado, o Príncipe Franz da Terra do Ouro, que havia descoberto seu segredo e fazia de tudo para protegê-la. Foram produzidos 52 episódios para a TV Fuji. No Brasil foi exibida nos anos 70, reprisada na TV Record até o início dos anos 80. 

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home