01 novembro 2016

Trajetória de Frank Miller (03)



Em 1994 ele lançou a série policial Sin City publicada também pela Dark Horse. Assim como
Liberdade, Sin City segue essa linha pessimista. Mostra uma América invadida pela violência e mergulhada em sangue. A arte é toda em preto-e-branco – mais preto do que branco -, o que dá um visual noir e, consequentemente, sombrio ao ambiente.

Ambientado num simulacro de Los Angeles, entre palmeiras de Malibu, Mustangs e prostituta, o detetive Dwight fotografa flagrantes extraconjugais para agilizar casos de divorcios milionários, Dwight salva a prostituta de ser assassinada. Miller escreveu, desenhou, fez a capa e as onomatopeias, um trabalho que ele tinha explorado bem na sua primeira intervenção no personagem O Demolidor.

Sin City foi também a pedra de toque da editora de quadrinhos que Frank Miller e John Byrne lançaram, a Legend. O cuidado com a edição, quase artesanal, é algo inédito no mundo fugal das HQs.

Em 1998 ele publicou a minissérie Os 300 de Esparta onde narra um episódio ocorrido em 480 a.C., quando legiões persas invadiram a Grécia. Uma guarda de 300 homens, liderada por Leônidas, resiste ao ataque bravamente. Sucesso entre a crítica, sendo premiada em três categorias do Eisner Awards (o Oscar dos quadrinhos dos EUA): melhor série limitada, melhor colorista (Lynn Varley) e melhor roteirista-artista (Frank Miller).

A história é contada sob o ponto de vista do rei Leônidas. Miller utiliza uma técnica similar à de Sin City, realizando um grande trabalho de luz e sombras que destacam não só as reações de cada personagem, como garantem a emotividade da cena. 300 é uma graphic novel de força e consegue prender o leitor tanto através de suas imagens precisas quanto de sua bem construída narrativa.

Baseado em O Cavaleiro das Trevas Retorna, do Frank Miller, Batman – Cavaleiro das Trevas: A
Última Cruzada, é uma história fechada de como o Robin, Jason Todd, foi parar nas mãos do Coringa. Além de Todd, a HQ também conta com a participação da Mulher-Gato (Selina Kyle), da Hera Venenosa e do Crocodilo.

Entre os acontecimentos da história estão: a volta do Coringa para o Asilo Arkham (sim, pela enésima vez), após ser capturado pelo Batman e pelo Robin; vários ricaços de Gotham City sendo atraídos pela Hera Venenosa; o Coringa fugindo, mais uma vez, do Asilo Arkham, daquele jeito que só nós conhecemos; a porrada do Crocodilo no Batman; e, por último, a síndrome do aprendiz, que já vou explicar, do Robin. Miller e Azzarello voltam para contar o motivo da aposentaria como Batman, a fim de nos mostrar a sua chegada no fim do poço. Lançado em 2016, a graphic novel é roteirizada pela mesma dupla de Cavaleiro das Trevas III (Miller e o talentoso Brian Azzarello) e ilustrada por John Romita Jr.

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home