15 julho 2015

Significado das cores (3)




E o que dizer do VERMELHO?:

O vermelho é a cor por excelência, a cor arquetípica, a primeira de todas as cores Michel Pastoureau quem nos afirma). Em muitas línguas dizer colorido é o mesmo que dizer vermelho, pois o vermelho é o mais fortemente conotado de todos os termos de cor. A eleição da cor Vermelha surge por razões culturais que remontam a um passado bem recuado e alusivo a múltiplas civilizações. A simbólica do vermelho está quase sempre associada à do Sangue e à do Fogo. E, quer um quer outro, pode merecer uma conotação positiva ou negativa.

Na cultura cristã o vermelho-sangue positivo, é o que a vida; que purifica e santifica. É então sinal de força, energia e redenção. De outro modo, o vermelho tomado negativamente é símbolo de impureza; violência e pecado. O vermelho da carne impura, dos crimes de sangue e até dos homens revoltados contra o seu Deus. O vermelho da cólera, da mancha e da morte.
 
Olhando agora, mas positivamente, o vermelho-fogo (do Pentecostes e do Espírito Santo), é uma Luz e um Sopro Poderoso e Generoso. O seu contrário é o vermelho Satânico, como o das chamas do Inferno queimando e destruindo. Esse vermelho da cabeleira de Judas, do astuto, cúpido e orgulhoso.

1. Vermelho é a cor por excelência; a mais bela das cores (Sinonímia entre vermelho e bonito -  como sucede na língua Russa). Durante muito tempo um vestido bonito teria que ser vermelho. Até ao século XVIII era a cor onde a tinturaria conseguia os seus melhores resultados.

2. Cor do Signo, do Sinal, da Marca (Assinalar a vermelho - charuto das tabacarias, marcar a tinta vermelha), Corrigir com caneta vermelha. Controlar, verificar a vermelho. Atrair pelo vermelho nas vendas e na publicidade (preços de saldo).

3. Cor do Perigo e da Proibição (Sinalização de estradas, ferrovias, vias marítimas ou aéreas, vermelho = perigo, vermelho = não passar, o vermelho dos semáforos), Linha vermelha, telefone vermelho, alerta, Zona Vermelha,Situação Vermelha”), Bandeira Vermelha. Medicamentos escrevem a vermelho não ultrapassar a dose prescrita.

4. Cor do Amor e do Erotismo (Cor da Paixão e seus perigos), Cor da atração e da sedução (vermelho nos lábios e acessórios), Cor das prostitutas, Mitologia das mulheres russas. Roupa interior vermelha (a convidar a devasidão),  Cor dos pecados (mormente os da carne),  Cor dos tabus e sua transgressão.

5. Cor do dinamismo e da criatividade (Cor que mexe, atrai, que parece próxima - ao contrário do azul que parece longe), Cor que aguça o apetite (aperitivos vermelhos).

6. Cor da alegria e da infância (Cor lúdica, gosto das crianças pelo vermelho - bolas e brinquedos vermelhos),  Preferência das crianças por frutos vermelhos (doces, açúcares e bombons vermelhos), Roupas vermelhas para as crianças.

7. Cor do Luxo e da Festa (A cor mais nobre na Idade Média  -certas leis sumptuárias reservam o vermelho para a Aristocracia dado o preço elevado dos corantes vermelhos). A antiga púrpura. Vermelho, cor imperial. O vermelho, cor da festa: presentes, decorações. Na sociedade rural, até ao século XIX, quando uma mulher vestia o seu melhor vestido para casar era um vestido vermelho.

8. Cor do Sangue (A Cruz Vermelha), As Cruzes das Farmácias (em Itália), o mercurocromo, tratar o
sangue que corre. Cor da Guerra (até ao século XIX muitos uniformes militares eram vermelhos). O sangue das mulheres. Tabus, menstruações. O sangue de Cristo, o vermelho cristológico. Cor litúrgica. O sangue derramado. A justiça a vermelho. O carrasco vestido de vermelho.

9. Cor do Fogo (Bombeiros, extintores, bocas de incêndio). As chamas do Inferno. O Pentecostes e o fogo do Espírito Santo.

10. Cor da matéria e do materialismo (O que é vermelho está aqui e não ao longe - presença do vermelho, forte, próximo, de peso). Materialismo, comunismo. Vermelhos políticos.

..................................................................
O livro "Breviário da Bahia" 
está sendo  vendido 
com exclusividade 
no Pérola Negra, 
em frente a 
Biblioteca Central dos Barris.  
Tel: 3336-6997. 
Rua General Labatut, 137, 
Shopping Colonial (loja 01), 
Barris

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home