03 agosto 2015

Rei dos animais



O leão africano, tido como selvagem, bárbaro e tribal sempre foi contada a sua história pelo caçador.


Afinal, ao vencer a força animal, o imperador romano demonstrava sua potência, inteligência e destreza, elementos distintivos ao poder. 

A caça ao leão seguia o modelo heroica e guerreiro para oferecer ao governante a ocasião de demonstrar à coletividade sua coragem

Por centenas de anos, o leão tem sido usado como símbolo de bravura e nobreza em diversas civilizações e culturas da Europa, Asia e Africa. 

Está amplamente representado em esculturas, pinturas, bandeiras nacionais, brasões, e em filmes e na literatura contemporânea.

Ícone para a humanidade por milhares de anos, o rei dos animais tem sido um símbolo popular da realeza e imponência, bem como um símbolo de bravura. 

Representações de leões datam desde o início do Paleolítico Superior, em pinturas rupestres.

Destaque em várias fábulas do século VI a.C. Do grego Esopo o Antigo Egito venerava a leoa como sua divindade de guerra. 

O leão da Nemeia foi símbolo na Grécia Antiga e em Roma, representado como a constelação e o signo do zodíaco Leo, e descrita na mitologia, onde sua pele foi usada pelo herói Hércules.

É na Babilônia que o bíblico Daniel é dito ter sido lançado na cova dos leões. 

O clássico nativo leão babilônio é encontrado na forma de estátua, escultura ou pintura nas paredes.

Encontrado em numerosas bandeiras e brasões em toda a Asia e Europa, o leão também está representado no Emblema Nacional da Índia. 

Ele é um símbolo para o cingaleses, a maioria étnica do Sri Lanka, i termo indo-ariano Sinhalo, significa “povo leão” ou “povo com sangue leão”.

Os leões guardiães imperiais eram colocados na frente dos palácios imperiais para proteção na China, e também usado como apelido por vários governantes guerreiros medievais com uma reputação de bravura como o rei inglês Ricardo Coração de Leão, Henry, o Leão, duque de Saxônia e Robert III de Flandres apelidado de “o leão da Flandres”.

E até em símbolo de equipe desportivas, de associações de equipes nacionais de futebol como da Inglaterra, Escócia e Singapura aos clubes famosos como o Detroit Lions do NFL, Chelsea e Aston Villa da liga britânica, até clubes menores ao redor do mundo. 
Aqui na Bahia, por exemplo, o Esporte Clube Vitória tem como símbolo o leão.

A força e ferocidade do animal é um ponto a ser considerado. Por isso, o Ministério da Fazenda no Brasil o escolheu como símbolo do imposto de renda.


Majestoso e poderoso, o leão é um símbolo solar e luminoso. Rei dos animais, traduz sabedoria, poder e justiça, mas também orgulho, domínio e segurança.


.............................................................................................
O "Breviário da Bahia" 
está sendo  vendido 

com exclusividade 
no Pérola Negra, 
em frente a 
Biblioteca Central dos Barris.  
Tel: 3336-6997. 
Rua General Labatut, 137, 
Shopping Colonial (loja 01), 
Barris

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home