21 agosto 2015

Duarts destila protesto e consciência musical



Eles têm uma grande paixão pela música. São jovens cheios de sonhos. Inspirado pelos recentes
movimentos sociais ao redor do globo, o grupo musical Duarts destila sua rebeldia em canções contestadoras e reflexivas. A banda, com quatro amigos paulistanos, foi formado em 2012 e lançaram um álbum, “Apresenta” com oito músicas demonstrando o lado contestador e enérgico da nova geração.

Duarts tem um estilo rock com tendências punk, sendo as principais influências as bandas Charlie Brown Jr, Titãs, The Offspring, NOFX e Red Hot Chili Peppers Sublime, entre outros. Mas a pegada é própria. Basta ouvir seu último trabalho, “Protesto não é crime” com quatro faixas.

Nervoso, agitado, guitarra em punho, cortante. Bateria pulsante. Assim é “Alumnus”, um rock protesto sobre a real humanidade. “Não minimize a nossa depressão”, grita o cantor. “O Mundo não Vai” fala do caos no mundo que não passa na Globo e é tempo de revolução, o povo tem que lutar nessa crise global, contestam. “Condenado” é balançado, onde a guitarra é o guia musical. A quarta e última faixa, “Guerra Civil” mostra o rosto da maldade, a luta entre nós mesmos.

 
Temas como alienação, reacionarismo, globalização levam aos ouvintes uma reflexão, acompanhada por uma melodia marcante. Abra bem os ouvidos e a mente, solte o corpo e curta essa banda que tem muito a dizer.

Membros da banda: Arthur Mota (baterista), Pedro Rodante (guitarra), Mateus Paes  (baixista) e Ulisses Lopresti (cantor)

Confira:
 


...................................................................................
Férias: oba!
Caros leitores: a partir de segunda feira (dia 24) estarei de férias. Serão 15 dias e vou aproveitar para ler uns livros reservados para ocasião (incluindo aí quadrinhos de alta voltagem), ouvir algumas músicas necessárias para o coração, colocar a mão na terra para saber da estação, mimar meus cachorros e plantar o que a natureza espera de cada um de nós. 

Vou dar uma chegadinha em Sampa para visitar o Museu da Língua e as livrarias especializadas em quadrinhos. Dia 08 de setembro estarei de volta. Voltarei com mais energia.   Obrigado pela atenção.




.....................................................................
O "Breviário da Bahia" 
está sendo  vendido 


com exclusividade 
no Pérola Negra, 
em frente a 
Biblioteca Central dos Barris.  
Tel: 3336-6997. 
Rua General Labatut, 137, 
Shopping Colonial (loja 01), 
Barris

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home