17 agosto 2017

Grandes reinvenções de Elvis Presley

O que Elvis Presley realizou e conquistou de 1954 a 1977 são marcas do século 20 que se perpetuarão para sempre na cultura mundial. O cantor passou por algumas grandes reinvenções:

1953 – Elvis entrou na Sun Records, em Memphis, para gravar That´s When Your Heartaches Begin e My Happiness. Ali, Elvis se transformou de um motorista de caminhão de uma empresa de eletricidade no primeiro grande ícone da cultura pop do século 20.

1956 – Elvis era o grande catalisador de música jovem, um estopim que geraria uma explosão incontrolável.

1958 – Ele entrou no exército e retorna dois anos mais tarde.

1960 – De rebelde, revolucionário e transformador, o cantor passa a ser um bem comportado jovem adulto astro de filmes.

1962 – Good Luck Charm, primeiro sucesso número 1 nos EUA.

1968 – Show televisivo que foi encerrado com a música If I Can Dream, canção de protesto que pedia a paz entre os homens. Elvis jurou para si mesmo jamais gravar uma música na qual não acreditava.


1969 – Elvis canta nos palcos de Las Vegas, acidade dos cassinos.

         - Suspicious Minds atingia o primeiro lugar na Billboard com mais de 1,2 milhão de cópias vendido.

1969 – No International Hotel, em Vegas, vestido com uma roupa que lembrava um quimono de caratê, Presley subiu ao palco para uma apresentação como nunca havia feito. Ele mudou seu jeito de cantar, sua postura de palco e a maneira de encarar o público. Era um novo artista quem estava ali, engraçado, sexy, bufão, encantador, energético, que sabia rir de si mesmo e que espalhava eletricidade pelo ar.

1970 - Grava o documentário chamado That's the Way It Is (Elvis É Assim), que mostrava a grandiosidade, a energia e a empolgação do astro nos shows em Las Vegas.

1972 - Show no Madison Square Garden, templo da Nova York cosmopolita, um teste de fogo para o cantor que nunca pertenceu a nenhum clubinho de artistas, nunca fez parte de uma "intelligentsia" norte-americana e que, muitas vezes, era considerado um caipirão ultrapassado.

1973 - Aloha from Hawaii, o primeiro show ao vivo transmitido via satélite para mais de 1 bilhão de pessoas. Foi um novo auge alcançado pelo artista.


1977 - Decadência física, aliada a momentos psicológicos instáveis, acabaria levando Presley à morte em 16 de agosto. Morte que lhe garantiria a permanência no imaginário como uma lenda eterna.

0 Comentários:

Postar um comentário

<< Home