09 setembro 2015

Trajetória da língua portuguesa na Estação da Luz



O Museu da Língua Portuguesa é o primeiro do gênero no mundo, localizado sobre a plataforma da Estação
da Luz, no centro da capital paulista. A proposta é mostrar, de forma dinâmica, lúdica e interativa, a trajetória da língua portuguesa falada no Brasil, com sua diversidade linguística e cultural, com ênfase nas influências ameríndias e africanas, as duas mais fortes contribuições para a sua formação. 

Os mais modernos recursos tecnológicos transformam em informação visual um vasto conteúdo sobre linguagem.

A escolha de uma das principais estações do metropolitano da cidade foi fundamental. Afinal o local tem um movimento diário de 300 mil pessoas, e um dos cartões de visita de São Paulo. 

Durante décadas, os imigrantes estrangeiros que chegavam a São Paulo desembarcavam nessa estação, um local onde as outras línguas se encontravam com o nosso português.

Uma grande escultura, com 16 metros de altura, criada pelo designer gráfico Rafic Farah, denominada Árvore da Língua, celebra a língua portuguesa no museu. 

Em suas raízes estão palavras com seis mil anos de idade, provenientes do indo europeu, idioma do qual se origina o português, a partir do latim vulgar. 

Uma canção de Arnaldo Antunes é ouvida no espaço térreo e brinca com as palavras língua e idioma, ditas em vários idiomas. 

Há a Praça da Língua com antologia em prosa e verso, da literatura produzida em português.
 
Em outro local há oito totens que tratam das línguas que formam o idioma falado atualmente no Brasil: dois dedicados às línguas africanas (quicongo, quimbundo e umbundo e outro para ioruba e eve-fon), dois para as línguas indígenas (tupinambá e línguas indígenas de hoje), um para o espanhol, outro para o inglês e francês, uma dedicada às línguas dos imigrantes (italiano, alemão, japonês, entre outros) e o último o português no mundo, falado em oito países localizados nos cincos continentes.

Em outro setor há um espaço dedicado a Linha do Tempo, traçando a história da língua portuguesa, de sua origem indo europeia aos dias de hoje. 

Há espaços reservados para exposições temporárias. A cidade de São Paulo foi escolhida para albergar o museu porque reúne a maior população de falantes da língua portuguesa no mundo, atualmente mais de 10 milhões de pessoas. 

A língua portuguesa é o único elemento que nos agrega como nação, nos amalga. E o português é a quinta língua mais usada no mundo.



.....................................................................
O "Breviário da Bahia" 
está sendo  vendido


com exclusividade 
no Pérola Negra, 
em frente a 
Biblioteca Central dos Barris.  
Tel: 3336-6997. 
Rua General Labatut, 137, 
Shopping Colonial (loja 01), 
Barris

0 Comentários:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home